Noticias Entenda o que é JOMO e como você pode se desconectar nas viagens

Todos os artigos

Entenda o que é JOMO e como você pode se desconectar nas viagens

Entenda a relação desse fenômeno com os tempos atuais e como você pode colocar o JOMO em prática durante as viagens. Confira nossas 10 sugestões de destinos perfeitos para se desconectar.

Você já ouviu falar em FOMO? Essa expressão, fear of missing out, significa o medo de estarmos perdendo alguma coisa. É aquela ansiedade provocada pela necessidade de estarmos o tempo todo conectados – fenômeno que tem tudo a ver com a atualidade.

Bem, como soa então a ideia do JOMO? Essa outra expressão, joy of missing out, significa alegria em perdermos algo que deveria ser experenciado. Seria aquele prazer provocado por estarmos “fora do mundo” em certas circunstâncias. O JOMO surge justamente como oposição ao FOMO.

Entenda melhor o que é JOMO e como essa tendência de viagem pode te ajudar a desfrutar melhor as próximas viagens. Para dar uma forcinha, sugerimos também dez destinos que combinam com a ideia de se desconectar.

O que é JOMO?

A “alegria em ficar de fora de alguma coisa” (tradução livre da expressão JOMO em inglês) surgiu na internet há mais de 7 anos, mas cresceu em relevância desde que se tornou tema de vários livros. Procure e você encontrará pelo menos meia dúzia de títulos em inglês sobre o assunto.

Não são só os livros os responsáveis pelo sucesso. O JOMO surgiu e cresceu como uma forma de contraposição ao comportamento atual. É dizer “não” praquela necessidade imposta de estarmos sempre conectados e atualizados a respeito de tudo – do mundo e especialmente da vida dos outros. 

A ideia é que, sendo adeptos do JOMO, sejamos capazes de desfrutar daquilo que estamos vivendo no atual momento, sem nos preocuparmos se as outras pessoas estão se divertindo mais ou menos do que nós. O JOMO é também sobre aproveitar o aqui e o agora.

JOMO está entre as categorias das Tendências de Viagem 2020 do Skyscanner. Leia mais sobre!

Como aplicar o JOMO durante as viagens

Quantas vezes você esteve mais preocupado em registrar o momento nas redes sociais do que em aproveitar a experiência de fato? Essa é uma atitude típica do FOMO, pelo qual todo mundo já passou, mas que pode ser deixada para trás.

Veja destinos incríveis para quem ama se desconectar com literatura!

A função principal das férias é poder descansar e aproveitar o que o lugar tem a oferecer. Isso significa que não precisamos estar conectados o tempo todo, ansiosos por saber o que acontece na “vida real”. Permita-se ficar off-line para descobrir novos sentimentos e permitir novos acontecimentos.

Para atingir o JOMO durante as viagens é importante tomar algumas atitudes:

  • Escolha destinos que priorizam a experiência e não o consumo;
  • Dê preferência para lugares em que seja possível se conectar com a natureza;
  • Desative as notificações das redes sociais e utilize celular o menos possível;
  • Faça uso do seu tempo livre de novas formas: lendo, praticando exercícios ou interagindo com outras pessoas.

Destinos de viagem para a prática do JOMO

O JOMO pode ser associado a outra tendência de viagem atual: o slow travel. Essa proposta de “viagem lenta” preza mais as experiências, prioriza a qualidade e não a quantidade de destinos e prega menos uso da tecnologia.

Você pode ser capaz de se desconectar das redes sociais e sentir-se grato por “perder as novidades” em qualquer lugar. Porém, alguns destinos contribuem mais para isso do que outros. É mais fácil atingir esse estágio na Chapada Diamantina do que em São Paulo, certo!?

A sugestão é buscar por destinos de ecoturismo, destinos sustentáveis e destinos de turismo rural. Além de poder praticar o JOMO, de quebra você ainda tem a chance de conhecer lugares fora do seu radar habitual.

1. Alter do Chão (PA)

O vilarejo às margens do rio Tapajós, a fauna e a flora singular da Amazônia e a comida típica do Pará são apenas algumas dos encantos e das opções sobre o que fazer em Alter do Chão. Uns dias por lá e você vai saber porque o lugar figura na lista das praia de água doce mais bonitas do Brasil.

c

2. Boipeba (BA)

Essa ilha é a mais perfeita tradução de “sossego” quando se trata de Bahia. O acesso, sempre demorado e custoso, se traduz em tranquilidade. Aqui não circulam carros, as praias são tranquilas e as piscinas naturais agradam a todos. Não à toa Boipeba é reconhecida como destino de lua de mel.

3. Jalapão (TO)

Você vai deparar diversas vezes com a frase “o Jalapão é bruto” ao longo da viagem. Pudera! Esse parque estadual e seu entorno abrigam uma infinidade de atrações e belezas de difícil acesso. O caminho é árduo, mas a recompensa são os fervedouros, cachoeiras, serras e dunas nos rincões do Brasil.

4. Chapada dos Veadeiros (GO)

Pergunte para qualquer pessoa que já esteve na Chapada dos Veadeiros e todas falarão sobre a energia mística do lugar. Somado a isso temos ainda três principais cidades-base (uma pra cada tipo de viajante), uma infinidade de cachoeiras magníficas e todo o encanto do Cerrado.

Foto: Jade Knorre

5. Cambará do Sul (RS)

Quando tudo o que você busca é um lugar aconchegante para o inverno, qualquer destino da Rota Romântica na Serra Gaúcha já serve. Agora, se a ideia for contemplar também passeios na natureza, a resposta é Cambará do Sul e os cânions dos Parques Nacionais Aparados da Serra e da Serra Geral.

6. Uruguai

Os uruguaios têm um jeito mais despacito de levar a vida e um carinho imenso pelos brasileiros. Tudo contribui para que você se encante pelo país vizinho! Em uma viagem de carro pelo Uruguai dê preferência para as praias, em especial as menos badaladas, como Valizas e Cabo Polonio.

7. Chile

Não surpreende que o Chile seja reconhecido como um dos melhores destinos de aventura do mundo. Onde mais você poderia encontrar lagoas, montanhas, vulcões e glaciares – tanto no deserto quanto no gelo!? Sem contar as ilhas, praias e cidades! De fato, não faltam lugares mágicos para conhecer no Chile.

8. Costa Rica  

Como é possível um território tão pequeno abrigar tamanha diversidade? A Costa Rica, destino reconhecido pelo turismo ecológico, é referência mundial em sustentabilidade. Isso se traduz em inúmeras razões para visitar a Costa Rica, em especial praias, florestas, vulcões, rios, cachoeiras e por aí vai…

9. Noruega

Não é só dos índices de qualidade de vida que a Noruega pode se orgulhar. As paisagens naturais não ficam para trás. O que verdadeiramente se destaca são os fiordes, braços de mar em meio às montanhas, e a caça à Aurora Boreal. No caso desse último atrativo, está permitido registrar a dança das luzes!

10. Nova Zelândia

Eis aqui um destino que vale cada minuto do longo deslocamento! A Nova Zelândia, país composto por duas pequenas ilhas, é o reduto perfeito para quem procura por praia e montanha na mesma viagem. De brinde, encontrará ainda um povo hospitaleiro e um país referência em sustentabilidade.

Busque agora o destino perfeito para você desconectar 👇

Entenda como encontrar os voos mais baratos, utilizando nossas ferramentas de busca para qualquer destino e para viajar no mês mais barato. Não esqueça de ativar o alerta de preços para monitorar as tarifas com menores preços!

Mapa

Saiba mais sobre as Tendências para 2020:

Tendências para 2020: melhores lugares para viajar
Passagens mais baratas: tendências de voos econômicos para 2020
Destinos mais procurados no Brasil: lugares populares para visitar