Noticias Inspiração Roadtrip entre Brasil, Uruguai e Argentina: um roteiro incrível

Todos os artigos

Roadtrip entre Brasil, Uruguai e Argentina: um roteiro incrível

Confira nosso roteiro de carro entre Brasil, Uruguai e Argentina e pegue a estrada para uma rota inesquecível!

Quer fazer uma viagem fora do comum e cheia de agradáveis surpresas? Destacamos a rota de carro entre Brasil, Uruguai e Argentina como ótima escolha para uma viagem diferente. Não é por acaso que esse é um dos trajetos favoritos dos habitantes da região: une natureza quase intocada, praias dos mais diferentes estilos, cidades históricas e comidas típicas.

Se você não mora no Rio Grande do Sul, considere voar para Porto Alegre, onde será possível alugar um carro no aeroporto POA. A cidade recebe voos de todo o país e serve como porta de entrada para vários roteiros de carro pelo sul da América do Sul.

A partir daqui, existem 3 principais pontos de fronteiras para chegar ao Uruguai:

Fronteira com UruguaiDistância de POA
Santana do Livramento493 km
Jaguarão387 km
Chuí519 km

Para curtir o litoral, escolha a rota que vai pelo Chuí, a cidade mais meridional do Brasil, passando por cidades históricas como Pelotas e Rio Grande. Este é o caminho que sugerimos e apresentamos a seguir, veja!

Sul do Brasil: Porto Alegre – Pelotas – Rio Grande – Chuí (515 km)

A opção mais comum e com mais atrações para esse trecho é pegar a BR-116 em direção a Pelotas. Desvios na estrada, ao longo de pequenos trechos, levam a cidades como Arambaré, Tapes e São Lourenço do Sul, as três com boa infraestrutura e banhadas por praias da Lagoa dos Patos.

Foto: Brunaribv

Pelotas talvez seja uma das cidades mais interessantes do Rio Grande do Sul, graças à sua importância histórica, seus prédios antigos, praças, igrejas e teatro, que já foram cenários de séries e filmes. O município, famoso pelos seus doces, também conta com uma agradável praia, Laranjal.

Distante 59 km de Pelotas, Rio Grande é igualmente uma cidade histórica, que também desponta por abrigar um dos maiores portos do Brasil e pela Praia do Cassino – a mais extensa praia do mundo. Por aqui também se avista os destroços de um navio.

Outra forma de chegar a Rio Grande, desde Porto Alegre, é através da BR-101 (conhecida nesse trecho como Rodovia do Mercosul) que fica entre a Lagoa dos Patos e o Oceano Atlântico.

Antigamente apelidada de “estrada da morte”, por apresentar trechos interrompidos ou sem asfalto, hoje está em boas condições e oferece uma viagem natural e solitária já que a rota passa por poucos municípios – como Mostardas.

Foto: Fabio Dutra

Atrativos locais por aqui também são a Lagoa do Bacupari, ótima para banho, com bons camping e pousadas, e o Parque Nacional do Peixe, visitado por amantes da natureza (o lugar é palco de intensa migração de aves).

Depois de Pelotas e Rio Grande, siga pela retilínea BR-471, que, ao longo de 15 km, corta a Estação Ecológica do Taim. A reserva é reconhecida por ser quase intocada pela ação humana e por ser morada de animais como flamingos e capivaras – atenção na estrada, pois não raramente animais cruzam a pista.

O trajeto passa por Santa Vitória do Palmar, cidade tranquila que possui importância histórica por ter recebido milhares de imigrantes no século XIX.

Por fim, Chuí, o município mais ao sul do país, que oferece a praia Barra do Chuí e dá acesso aos free shops de Chuy – cidade uruguaia, literalmente, do outro lado da rua: é possível ter um pé no Brasil e outro no Uruguai.

Leia também: Rota Romântica RS: dicas para sua viagem

Uruguai: Chuy – Montevidéu (330 km)

Para atravessar a fronteira, siga pela Rota 9. A 40 km da divisa entre os países, localiza-se o Parque Nacional de Santa Teresa, que, além das praias, chama a atenção pelo enorme e belo forte.

Vizinho do parque, o balneário de Punta del Diablo era, originalmente, um pequeno vilarejo de pescadores frequentado principalmente por hippies; hoje é um dos destinos mais procurados do país.

Para continuar costeando o litoral, é preciso pegar a Rota 16 que leva até a Rota 10. Um dos destaques desse trecho é a praia de Valizas que possui um dos mais importantes jogos de dunas do continente sul-americano, com aproximadamente 40 km² de área.

Cabo Polônio é um belo refúgio para quem deseja tranquilidade: suas praias (Playa Sur e Playa de la Calavera) são isoladas por dunas, sem circulação de carros e sem energia elétrica. É só deixar seu carro num estacionamento local e pegar o veículo 4×4 que realiza o trajeto para turistas.

Foto: Coolcaesar

A Rota 10 desemboca na Rota Interbalneária, por onde se chega a uma das praias mais badaladas de toda América do Sul: Punta del Este. O balneário ganhou fama por sua generosa oferta de programação, que inclui museus, restaurantes, cassinos e, é claro, por suas diversas praias, agitadas ou calmas, de mar doce ou salgado. Outro destaque é a curiosa escultura de dedos que saem da areia.

A 12 km dali, na península de Punta Ballena, fica a ilustre Casapueblo, obra do artista Carlos Páez Vilaró.

Seguindo em direção ao sul, Piriápolis tem um calçadão lembra a Riviera Francesa, prédios antigos de influência europeia e vários morros que dão um ar diferenciado de qualquer outra praia uruguaia.

Leia também: Cidades mais baratas da América do Sul

Montevidéu – Buenos Aires (280 km de carro + barco)

Montevidéu merece pelo menos 2 dias completos para visitar o centro histórico, provar a gastronomia, visitar um dos museus, curtir os barzinhos e a animada noite.

A 1h de Montevidéu fica Colônia de Sacramento, a cidade mais antiga do Uruguai e umas das mais charmosas da América do Sul. Nas margens do Rio da Prata, o vilarejo tem as marcas das colonizações portuguesa e espanhola, ruas de pedra, lampiões, azulejos lusitanos… ou seja, possibilita uma pequena viagem no tempo.

O trajeto de balsa entre Colônia e Buenos Aires é operado por três diferentes companhias, dura entre 50 minutos e 3 horas, a taxa pode ser paga on-line e custa entre 440 e 1.000 pesos argentinos, dependendo do dia e da classe escolhida.

A maioria dos barcos transporta carros, mas, já que o preço por automóvel inicia em torno dos 800 pesos, o melhor é deixar seu veículo num estacionamento de Colônia.

Chegando em Buenos Aires, desfrute de tudo que uma das principais metrópoles da América do Sul oferece, inclusive suas atrações gratuitas. Destaque para os parques do Palermo, o astral de San Telmo, a agitação da Calle Florida e a urbanização de Puerto Madero.

Depois de desbravar Buenos Aires, é só fazer o trajeto de volta e chegar em casa com a certeza de ter percorrido um trajeto fascinante!

Busque agora mesmo as passagens aéreas mais baratas para a Argentina ou para qualquer outro destino!

Mapa

Veja outras rotas incríveis de carro pelo mundo:

As 10 melhores rotas para fazer de carro pelo Brasil
7 rotas para se apaixonar ainda mais pela França
8 rotas para amantes do vinho