Noticias Inspiração 13 incríveis museus a céu aberto ao redor do mundo

Todos os artigos

13 incríveis museus a céu aberto ao redor do mundo

Já faz tempo que a arte deixou de estar condicionada a padrões estéticos e obras no interior de prédios. Artistas ousam cada vez mais na forma, no tamanho e nos materiais – e precisam de espaços cada vez maiores para liberar sua criatividade. Confira nossa lista de 13 incríveis museus a céu aberto ao redor do mundo e se encante com a harmonia entre a imaginação humana e a grandiosidade da natureza!

1. Instituto Inhotim (Brumadinho, Brasil)

O Brasil possui o maior museu a céu aberto do mundo: o Instituto Inhotim, na cidade de Brumadinho (MG), que tem quase 800 hectares. Mas não é só tamanho, a diversidade e originalidade das obras contemporâneas sempre o colocam nas listas mundiais dos melhores na categoria. Quem já foi afirma: é uma experiência indescritível e que merece pelo menos um dia inteiro.

_Foto: Jmarciocruz_

Encontre hotéis em Belo Horizonte

2. Gibbs Farm (Makarau, Nova Zelândia)

A Nova Zelândia é um destino que guarda tantas surpresas que um museu tão inusitado quanto o Gibbs Farm só poderia estar nesta bela ilha da Oceania. A maioria das obras brinca com a perspectiva e cria ilusões de ótica surpreendentes. Uma girafa gigantesca, um trompete vermelho que corta montanhas e uma folha de papel que parece ter sido desenhada no céu desafiam a mente do visitante e fazem da Gibbs Farm uma atração imperdível.

Foto: Nita

Encontre hotéis em Makarau

3. Musée Rodin (Paris, França)

O Musée Rodin não é o maior museu de Paris, mas com certeza um dos mais belos. As obras dentro da casa do século 16, que foi por anos o estúdio de Auguste Rodin, já fariam dele imperdível, mas ainda há mais, como os jardins do entorno, que o colocam entre os mais belos museus a céu aberto do mundo. Além de contar com estátuas famosas como O Pensador, o exterior é impecável revelando jardins e fontes que ficam incríveis no inverno e no verão.

Foto: Jade Knorre

Encontre hotéis em Paris

4. The Hakone Open-Air Museum (Hakone, Japão)

Para combinar com a cultura japonesa contemporânea, o Hakone Open-Air Museum é colorido e divertido. Obras gigantes com estruturas ousadas, feitas com materiais como tricô ou plástico (uma delas lembra um “diamante espacial”), alegram crianças pela sua interatividade e fascinam até os mais rigorosos apreciadores de arte contemporânea.

Foto: Kentaro Ohno

Encontre hotéis em Hakone

5. Hill of Witches (Juodkrantė, Lituânia)

No meio de uma floresta típica de filme de terror, estátuas em madeira formam o museu Hill of Witches, na Lituânia, país báltico do leste europeu. As mais de 80 obras retratam figuras do folclore lituânio e representam bruxas, monstros e animais que parecem saídas de um filme de animação. O grande diferencial do museu é que as obras se mesclam perfeitamente com a floresta onde estão situadas, que já é uma bela atração.

_Foto: Alma Pater_

Encontre hotéis em Juodkrantė

6. Vigelandsparken (Oslo, Noruega)

Uma das atrações mais visitadas da Noruega, o Vigelandsparken é composto por mais de 200 obras do escultor norueguês Gustav Vigeland’s. A grandiosidade e audácia das estátuas contrasta perfeitamente com o estilo clássico e pomposo do Parque Frogner, em Oslo, onde está localizado e que chega a lembrar os jardins de Versalhes.

Foto: BjoernEisbaer

Encontre hotéis em Oslo

7. Fundación Pablo Atchugarry (Punta del Este, Uruguai)

A Fundação Pablo Atchugarry, nos arredores de Punta del Este, foi criada em 2017 pelo escultor uruguaio homônimo para fomentar as artes plásticas no Uruguai. Mais de 25 hectares da fundação receberam obras de artistas do mundo inteiro numa área de campos, lagos, árvores e plantas artísticas.

Foto: Jimmy Baikovicius

Encontre hotéis em Punta del Este

8. Rock Garden of Chandigarth (Chandigarh, Índia)

Um museu a céu aberto bastante fora do convencional, o Rock Garden of Chandigarth é simples, mas criativo e amigo do meio ambiente! As estátuas foram construídas pelo indiano-paquistanês Nek Chand com materiais industriais e caseiros colocados fora. O museu, que recebeu também cachoeiras artificiais, é dedicado ao “espírito de criatividade do povo indiano” e é um perfeito exemplo dessa vivacidade da Índia.

_Foto: Gshashidhar125_

Encontre hotéis em Chandigarh

9. Yorkshire Sculpture Park (Yorkshire, Inglaterra)

Yorkshire abriga um dos parques de escultura mais famosos do mundo e com certeza o reconhecimento não é por nada. Com algumas obras fixas de peso, o local funciona como uma galeria que escolhe a dedo obras de proeminentes artistas mundiais para exibir em seu espaço – mais de 200 hectares em meio a campos tipicamente ingleses.

Foto: Andy Hawkins

Encontre hotéis em Yorkshire

10. Socrates Sculpture Park (Long Island, EUA)

Localizado em Long Island, o parque de esculturas Socrates recebe ousadas obras de artistas contemporâneos. Aqui a arte é mesclada com uma vista fantástica da vizinha Nova York, feiras durante o verão e diversas aulas ao ar livre como ioga e dança. De fácil acesso pelo metrô, dá para visitar várias vezes e pode ser um refúgio para a loucura da Big Apple.

Foto: Allison Meler

Encontre hotéis em Nova York

11. Kröller-Müller Museum (Otterlo, Holanda)

Dentro de um enorme parque nacional holandês, o museu foi pensado pela colecionadora Ms. Helene Kröller-Müller, uma das primeiras a dar importância ao trabalho de Vincent Van Gogh. Além de hospedar a segunda maior coleção do pintor holandês no seu interior, os jardins do entorno recebem obras de arte dos séculos 19 e 20 e deixaria qualquer grande vanguardista orgulhoso.

_Foto: Rokus Cornelis_

Encontre hotéis em Otterlo

12. Skulpturenpark Köln (Colônia, Alemanha)

A cada dois anos a coleção do Skulpturenpark Köln é trocada para apresentar a mais diversa arte contemporânea mundial. Próximo do centro de Colônia e às margens do rio Reno, o museu é um ótimo passeio – mesmo para quem não é grande apreciador das artes – pelo seu ambiente aconchegante e obras nada entediantes.

_Foto: Willy Horsch (HOWI)_

Encontre hotéis em Colônia

13. Oficina Brennand (Recife, Brasil)

Mais um representante de peso do Brasil, a Oficina Brennand é o maior reduto das obras do artista plástico pernambucano Francisco Brennand. Para combinar com o estilo único do escultor, o local diferencia-se de qualquer outro no mundo, exibindo linhas arredondadas de jardins e fontes que entram em contraste com a disposição regrada das criações. Parada obrigatória quando estiver em Recife.

_Foto por: Valdiney Pimenta_

Encontre hotéis em Recife

Busque agora mesmo as passagens aéreas mais baratas para qualquer destino!

Mapa

Inscreva-se na newsletter Skyscanner

Mapa