O Covid-19 (coronavírus) pode afetar seus planos de viagem. Seja qual for seu destino, veja aqui as últimas recomendações.

Noticias Inspiração ☘️ As melhores festas populares ao redor do mundo

Todos os artigos

☘️ As melhores festas populares ao redor do mundo

Em época de St. Patrick's, nada melhor do que lembrarmos as maiores e mais divertidas festas de rua do mundo! Leia e descubra que, independentemente do país, a felicidade do povo sempre transborda pelas ruas!

Se tem uma coisa que o ser humano gosta é de festejar. Ao redor do mundo, festas populares reúnem pelas ruas milhares ou até milhões de pessoas, seja por motivos religiosos, para celebrar datas históricas ou até honrar os mortos de forma divertida. Olha!

Holi (Índia) – fevereiro/março

O Holi talvez seja a festa popular ao redor do mundo que mais rende as mais belas fotos. No fim de fevereiro ou no início de março, milhões de indianos celebram a chegada da primavera atirando pó colorido ou água colorida uns nos outros. A tradição também está ligada a crenças do Hinduísmo, principal religião do país, mas acaba por agregar as mais diversas crenças, idades e classes sociais.

Encontre seu hotel em Nova Delhi!

Pela intensidade das cores (sendo que cada uma tem um significado específico) e por celebrar o amor, é também conhecido como “Festival of colours” e “Festival of love”. Também acontece em outros países da região, como Nepal e Bangladesh, e em locais de forte imigração indiana, como Estados Unidos e Inglaterra.

St Patrick’s Day (Irlanda) – 17 de março

Diferentemente do que muitos podem pensar, São Patrício, o padroeiro da Irlanda, não nasceu no país – há dúvidas do local exato, mas foi ali próximo, na ilha da Grã-Bretanha. Acredita-se que foi ele quem levou o cristianismo para a Irlanda e disseminou no país a imagem do trevo de três folhas, que era usado para explicar a Santíssima Trindade.

Melhores hotéis em Dublin

A tradição de celebrar o santo em seu aniversário, 17 de março, é antiga, porém só foi transformada em festival em 1996. Atualmente, St Patrick’s Day é festejado não só em um dia, mas durante quatro dias intensos.

A data é também comemorada em centenas de países do mundo – como no Brasil, onde a tradição começou faz alguns anos e vem ganhando adeptos nas grandes cidades. No entanto, é mesmo na Irlanda e principalmente na capital, Dublin, que o festival é mais expressivo e recebe quase 100 mil turistas anualmente. A cidade é tomada pela cor verde (a cor do trevo), e os foliões festejam nas ruas e nos pubs dublinenses – é neste dia que o consumo da Guinness, cerveja irlandesa, atinge seu ápice mundial!

Songkran (Tailândia) – 13 a 15 de abril

Songkran é como se chama o Ano Novo Budista na Tailândia, que mobiliza milhões de tailandeses em diversas cidades e é considerado o maior festival do país (no vizinho Laos, por exemplo, é mais conhecido como Pi Mai). Embora a mudança de ano oficial do país se dê pelo calendário ocidental, no dia 1º de janeiro, o Songkran carrega um significado cultural muito forte e é festejado entre 13 e 15 de abril. Por tradição, e por ocorrer na época mais quente do ano, o costume é jogar água uns nos outros, não importa a idade do cidadão.

Reserve agora seu hotel em Bangkok

A Khao San Road, em Bangkok, e as ruas da pequena Chiang Mai, no Norte do país, são dois palcos da enorme celebração que acontece com muita água gelada (que surge em mangueiras, baldes e até armas de brinquedo), espuma branca e também música alta, comida e dança. Tailandeses e turistas se misturam e, não se engane, nesses dias é impossível fugir do festival, seja por se contagiar pela alegria, seja por ser atingido por água enquanto caminha pelas ruas.

Skyscanner App

Inti Raymi (Peru) — junho

O Peru é palco de mais de 3 mil festas populares ao longo do ano. O Inti Raymi (Festa do Sol), em Cusco, é uma das maiores e mais antigas, reunindo milhares de peruanos e turistas nessa importante cidade histórica no mês de junho.

Hotéis em Cusco

A celebração é inspirada em tradições incas que homenageavam o sol (Inti) e hoje contempla uma parada que se inicia na Plaza das Armas e termina nas ruínas da fortaleza Sacsayhuamán, onde acontece uma grandiosa encenação. Os ingressos para esse teatro são caros, mas, não se preocupe, não é preciso assistir ao teatro para curtir a festa, visto que as ruas da cidade são tomadas de muita agitação, com direito a bandinhas peruanas muito animadas e deliciosas comidas andinas típicas.

Festival de Lama de Boryeong (Coreia do Sul) – julho

Boryeong é uma cidade litorânea ao sul de Seul, com pouco mais de 100 mil habitantes. No início de julho, porém, a quantidade de pessoas sobe para a casa dos milhões, pois coreanos, e mais recentemente turistas do mundo inteiro, querem fazer parte do Festival de Lama que ali acontece.

_Foto: Stinkie Pinkie_

Alugue um carro em Seul para participar deste doido festival!

A ideia de se banhar em lama começou em 1998 e de um jeito nada espontâneo: foi uma estratégia de marketing criada por uma empresa que produz cosméticos com a lama da região. Com o tempo, o festival se tornou uma tradição da população coreana e um certo momento de “libertação” da criança interior de cada um, contando com brinquedos infláveis, piscinas de lama, brincadeiras no estilo “polícia e ladrão” e diversos shows e apresentações.

Oktoberfest (Alemanha) – setembro/outubro

Em 12 de outubro de 1810, o rei Ludwig I convidou os cidadãos de Munique para celebrar o seu casamento com a duquesa Teresa da Baviera. A celebração contou com muita gente nas ruas, corridas de cavalos e litros de vinho – só um século depois, com a festa se consolidando como uma tradição anual, foi que a cerveja virou a bebida oficial e um de seus símbolos. O nome é bastante literal, visto que Oktoberfest significa “festa de outubro”, apesar das festividades hoje começarem já no mês de setembro.

Hotéis em Munique

Munique continua hospedando a maior festa de cerveja do mundo, que recebe cerca de 10 milhões de pessoas por ano. No entanto, a Oktoberfest se tornou uma das datas comemorativas mais importantes do mundo, sendo celebrada em centenas de países. Já a Oktoberfest no Brasil tem grande expoente na festa de Blumenau (SC), uma das maiores fora da Alemanha.

Diwali (Índia) — outubro/novembro

Outro importante festival que reúne milhões de pessoas na Índia, o Diwali é uma data hinduísta que celebra a lenda da destruição do demônio Narakasura por Krishna, um dos principais deuses da religião politeísta. Na ocasião, não se poupam velas, flores e comida.

Passagens aéreas Skyscanner

Dia dos Mortos (México) – 2 de novembro

O Dia dos Finados, que acontece em 2 de novembro, é uma celebração católica que se tornou feriado nacional em diversos países. No entanto, o México transformou a data (e os dois dias anteriores) em algo singular, unindo a festa a belas crenças indígenas que lidam com a morte de forma totalmente diferente – o que já era motivo de festival na era Pré-Colombiana.

Voos para o México!

Se aqui no Brasil a data é marcada por tristeza e visita a cemitérios, no México as ruas são tomadas por muitas representações de caveiras (estátuas gigantes, desenhos nos rostos, roupas), cores música, teatro e danças. Acontece com intensidade também nos EUA e tem similares na Bolívia (o Día de los ñatitas e que chega a apresentar caveiras de verdade enfeitadas) e no Equador (quando se organizam banquetes nos cemitérios com muitos T’anta wawa, um pão doce no formato de uma criança).

Loi Krathong e Yi Peng (Tailândia) – novembro

O Sudeste Asiático também guarda outros dois festivais populares muito importantes que acontecem em novembro: o Loi Krathong, ou Festival das Luzes, quando em homenagem à Buda, arranjos de flores e velas são soltos nas águas de rios e canais de diversas cidades da região; e o Yi Peng, o Festival de Lanternas “voadoras”, de Chiang Mai.

Carnaval (Brasil) – fevereiro/março

O Carnaval é uma festa originalmente “pagã” que foi agregada pela Igreja Católica para anteceder a Quaresma, acontecendo, então, 47 dias antes da Páscoa. Apesar de ser comemorada em diversos países do mundo e das mais diferentes formas, o Brasil é o seu maior representante, e não somos só nós, brasileiros bairristas, que dizemos isso: o Guinness Book considera o Carnaval Carioca o maior carnaval do mundo, e o Galo da Madrugada, de Recife, o maior bloco de rua.

_Foto:Prefeitura de Olinda_

Entre os diversos carnavais do Brasil, os mais buscados são o carioca e o nordestino, sendo que outros emergentes, como o carnaval de São Paulo, vêm ganhando muitos adeptos.

A celebração se espalha pelo país inteiro, com festas que vão de bailes em clubes do interior, com muita marchinha e dança em roda, até shows de enorme porte em praias lotadas. Em algumas cidades há tradições específicas, como Olinda e os seus bonecos gigantes. Mas a certeza é que, em qualquer lugar do Brasil, há muita festa pelas ruas, aberta a todos e embalada por ritmos predominantemente brasileiros.

Outros carnavais importantes

O Carnaval de Veneza (Itália), é bastante icônico, destacando as tradicionais máscaras elaboradas e vestimentas típicas do século 16. Diferentemente de muitos carnavais pelo mundo, a festa ali é mais focada nos desfiles, teatros e fantasias, sem tanta arruaça pelas ruas, pelo menos durante o dia. Já outro carnaval importante é o Mardi Gas, em New Orleans (EUA), que é pura farra e agito o dia todo, regado a muita cerveja, especialmente no French Quarter, o bairro mais antigo da cidade.

Texto por Iami Gerbase

Busque agora mesmo as passagens aéreas mais baratas para qualquer destino!

Leia também:

As cidades mais baratas e as mais caras para visitar na Ásia

Cidades históricas do México para visitar

Rota Romântica na Alemanha: um roteiro entre montanhas e castelos

Inscreva-se na newsletter Skyscanner