Noticias Quando poderemos viajar de novo?

Todos os artigos

Quando poderemos viajar de novo?

Uma das perguntas mais frequentes em relação à pandemia do COVID-19 é: quando poderemos viajar novamente?

Esclarecemos abaixo algumas das dúvidas mais frequentes em relação a viajar em tempos de pandemia, explicamos quais são fronteiras abertas para brasileiros e compartilhamos algumas dicas caso seja necessário programar uma viagem.

Atenção: este artigo foi atualizado pela última vez em 12 de abril de 2021 e estava correto no momento da postagem. Para obter as informações mais recentes, verifique nosso mapa global de restrições de viagens atualizado diariamente.

Quando poderemos viajar para o exterior?

Ainda é difícil dizer quando poderemos viajar para o exterior como antes, mesmo com o início da vacinação contra o coronavírus. Apesar de haver países com fronteiras abertas para brasileiros, a OMS afirma que viajar durante a pandemia é assumir um risco e, portanto, deve ser evitado.

O Ministério da Saúde no Brasil orienta que viagens internacionais sejam realizadas apenas em caso de necessidade. A atenção ao viajar para o exterior deve ser redobrada, pois as restrições de entrada mudam frequentemente e o risco de contágio por coronavírus segue sendo muito alto.

Homem acenando em frente à janela no aeroporto

Quais são os países abertos para brasileiros?

No momento, temos 7 países abertos para brasileiros com restrições leves, de acordo com o nosso mapa interativo com as restrições de viagem ao redor do mundo.

Há ainda 101 países que brasileiros podem entrar com restrições moderadas, desde que cumpram com exigências como quarentena e teste para Covid-19, e 117 países com restrições fortes, praticamente fechados.

Veja abaixo alguns destaques de para onde brasileiros podem viajar agora, com restrições leves e moderadas:

  • Bolívia: é necessário ter um certificado médico com resultado negativo para o teste PCR Coronavirus (COVID-19), emitido no máximo 3 dias antes da chegada. Um formulário também deve ser preenchido e entregue na chegada ao país;
  • Costa Rica: um formulário deve ser preenchido online antes da partida do voo para a Costa Rica, e o QR code gerado deve ser apresentado na chegada ao país. Também é necessário ter um seguro de viagem com cobertura de custos de tratamento e acomodação em caso de contaminação por Coronavírus (COVID-19);
  • México: um formulário deve ser preenchido e entregue na chegada ao país;
  • República Dominicana: um bilhete eletrônico ou um formulário de declaração de saúde deve ser preenchido e entregue antes da partida. Os passageiros estão sujeitos a exames médicos na chegada;

Quer conferir todos os países que já estão abertos para brasileiros? Acesse nosso mapa interativo global com as restrições atualizadas:

Banner do mapa global com restrições de viagem para brasileiros em relação ao Coronavírus.

Quando poderemos viajar para os Estados Unidos?

Os Estados Unidos são um dos países fechados para passageiros vindos do Brasil atualmente, mas as restrições de viagem dos EUA podem mudar a qualquer momento. Você pode conferir mais informações e dicas no nosso artigo sobre quando poderemos viajar para os Estados Unidos de novo e, inclusive, conferir se você se encaixa nas exceções de entrada no país.

Quando poderemos viajar para a Europa?

Não há previsão para a liberação de entrada de brasileiros na Europa hoje, ainda mais depois da mais recente onda de contaminação e das novas cepas de coronavírus identificadas no Brasil. Porém, algumas companhias aéreas mantiveram rotas para o Brasil e alguns países aceitam brasileiros, como é o caso da Eslovênia, ainda que exija quarentena de 10 dias e teste PCR negativo para coronavírus ou comprovante de vacinação.

Quando poderemos viajar para Portugal novamente?

Se você está se perguntando se Portugal está recebendo turistas brasileiros, saiba que as restrições estão muito fortes por lá e não há como prever quando o país vai abrir as fronteiras para o Brasil em 2021.

Veja o nosso mapa com restrições de viagem em tempos de coronavírus e confira outros países europeus que estão parcialmente abertos e quais os países que aceitam brasileiros na pandemia. Aproveite e descubra também tudo o que você precisa saber sobre exame PCR para COVID-19 antes de viajar!

Quando poderemos viajar novamente?

Quando poderemos viajar no Brasil?

Praticamente um ano depois da chegada do vírus ao Brasil, ainda não temos resposta para essa pergunta. Infelizmente, chegamos em abril com a situação da pandemia no Brasil em um nível ainda alarmante. Vários destinos estão optando por fazer lockdown para diminuir o risco de contágio. Nesse momento, o mais prudente é sair de casa o mínimo possível, portanto, viagens não são recomendadas.

Como está a reabertura nos principais destinos do Brasil?

Grande parte dos hotéis e atrações turísticas do país havia reaberto seguindo medidas de segurança (como número máximo de visitantes, horários restritos e uso de máscara), mas foi forçada a pausar as atividades em março em decorrência da nova onda de contaminações. Apesar dos números não terem diminuído em abril, as restrições já estão sendo flexibilizadas em algumas cidades.

Como cada estado e cidade é livre para estipular suas restrições de viagem, para saber se o comércio local está funcionando, se a rede hoteleira está recebendo toda a sua capacidade ou se os pontos turísticos estão abertos, consulte sites oficiais das localidades a serem visitadas.

Medidas de segurança para viajar pelo Brasil

Para auxiliar e diminuir os impactos no turismo nacional, o Ministério do Turismo lançou o selo Turismo Responsável, um programa que estabelece boas práticas e protocolos de higienização para todos os segmentos de viagem e que auxilia viajantes a como planejar uma viagem com segurança.

Em território nacional, a recomendação do Ministério da Saúde continua a mesma: viajar somente em caso de necessidade. Se for inevitável, siga as orientações vigentes:

  1. Reforçar os hábitos de higiene e de proteção, como a uso de máscara, higienização das mãos com água e sabão ou com álcool em gel 70%;
  2. Em casos de sintomas de gripe, buscar atendimento nos serviços de saúde e evitar contato com outras pessoas.
Barco navegando em Fernando de Noronha

Quando poderemos viajar para o Nordeste?

O Nordeste, uma das regiões mais buscadas pelos brasileiros para viagens na pandemia, teve que frear os planos de reabertura em função da grave onda de contaminação por COVID-19. Confira a situação atual nas capitais nordestinas mais buscadas por viajantes:

  • Fortaleza, Ceará: em novo decreto, o estado do Ceará flexibiliza restrições e propõe abertura gradual. O toque de recolher segue todos os dias das 20h às 5h, e o lockdown apenas nos finais de semana;
  • João Pessoa, Paraíba: um novo decreto estadual libera o funcionamento de bares, comércio, celebrações religiosas e as praias (continua proibida a utilização de barracas e cadeiras);
  • Maceió, Alagoas: em novo decreto flexibilizando as restrições, a capital alagoana libera o funcionamento de restaurantes e similares exigindo capacidade reduzida e horário limitado de atendimento presencial. Segue a restrição à circulação de pessoas entre 21h e 5h em qualquer dia da semana. Praias, comércio e shoppings fecham nos finais de semana e segunda-feira;
  • Natal, Rio Grande do Norte: segundo novo decreto, o comércio foi reaberto em Natal durante a semana e foi instituído toque de recolher das 20h às 6h;
  • Recife, Pernambuco: a quarentena foi flexibilizada no Recife e na região metropolitana. Desde 1 de abril, está valendo o novo Plano de Convivência com a Covid-19;
  • Salvador, Bahia: houve uma flexibilização das restrições em Salvador. O toque de recolher segue das 20h às 5h todos os dias da semana. Restaurantes podem voltar a atender presencialmente, mas há regras específicas para cada tipo de estabelecimento. Shoppings centers, centros comerciais e comércio de rua podem abrir entre terça e sábado. Academias, igrejas e hotéis não têm restrições de dias. As praias da capital estão fechadas.

Atenção: em função do agravamento da pandemia, as regras podem mudar a qualquer instante. Antes de viajar, consulte as restrições de viagem e tenha certeza das regras vigentes na cidade ou estado para onde você pretende ir.

Quando poderemos viajar com segurança?

Voltaremos a viajar com total segurança quando conseguirmos controlar a propagação do vírus ao redor do mundo. Apesar do início da vacinação contra o coronavírus, as estimativas em relação à imunização geral, especialmente no Brasil, mudam constantemente. Enquanto isso, a solução é aguardar e viajar apenas se realmente necessário e sempre respeitando as medidas de segurança.

Posso começar a planejar viagens?

Planeje agora, viaje depois! Tenha em mente que ainda estamos em vivendo em uma pandemia e que viajar agora pode colocar você e outras pessoas em risco. Portanto, esteja sempre atento às restrições de viagem e às medidas de segurança de cada destino e foque na flexibilidade ao planejar uma viagem em 2021.

Se precisar viajar, atente-se para políticas de cancelamento e considere contratar tarifas mais flexíveis, mesmo que custem mais caro. Dessa forma, caso seja necessário cancelar ou adiar a viagem, você terá mais possibilidades. Além disso, esteja preparado para ter os planos alterados, seja pela linha aérea, seja pela hospedagem. Em tempos de pandemia, nenhuma reserva é 100% garantida.

Veja tudo o que você precisa saber sobre viagens flexíveis!

Dúvidas frequentes sobre viajar na pandemia

Quando viajar novamente ou quando será seguro viajar de novo são apenas algumas das dúvidas comuns entre viajantes. Confira abaixo algumas das principais perguntas respondidas sobre o COVID-19 e viagens.

Como saber se um destino é seguro?

OMS estipula parâmetros para avaliar o quão seguro é viajar entre países abertos para turismo. É preciso levar em consideração detalhes como situação epidêmica, tanto do local de origem quanto do destino, capacidade de monitoramento de casos e de visitantes e controle sanitário na chegada.

Vou viajar, preciso ficar de quarentena?

Manter o isolamento social é a melhor maneira de evitar a proliferação do vírus. Por isso, muitos países estão exigindo quarentena de até 14 dias para visitantes – você pode conferir no nosso mapa de restrições de viagem quais países liberados para brasileiros exigem quarentena.

Quais cuidados devo ter ao viajar para o exterior durante a pandemia?

O Ministério da Saúde recomenda conferir se o país está aberto para brasileiros e quais são os requisitos de entrada. Ao retornar de uma viagem internacional para o Brasil, tenha em mente as novas regras para passageiros tanto brasileiros quanto estrangeiros: necessidade de teste PCR negativo para coronavírus feito em até 72h de antecedência e preenchimento da Declaração de Saúde do Viajante (DSV) online. Ao chegar no Brasil, recomenda-se reforçar os hábitos de higiene e proteção. Caso você apresente sintomas do novo coronavírus, busque atendimento médico.

Posso desistir da viagem em cima da hora?

Sim, você pode, mas deve estar atento às regras de remarcação e reembolso das companhias aéreas, locadoras de carros e hotéis, pois a desistência pode custar caro. Nesse sentido, sempre indicamos que você faça reservas flexíveis – isso poder ajudar você a poupar tempo, dinheiro e energia.

Descubra os destinos abertos para brasileiros

Mesmo que não seja indicado viajar nesse momento, você pode aproveitar para planejar suas viagens futuras! Descubra quais fronteiras estão abertas com nosso mapa global interativo e cadastre-se para receber atualizações quando seus destinos favoritos reabrirem.

Leia também:

Em tempos de pandemia, é preciso manter-se informado. Veja artigos que ajudam a entender melhor a situação atual:

Informações atualizadas em 12/04/2021. Para o seu conhecimento, as informações nesta página estavam corretas no momento da publicação. No entanto, dada a pandemia do COVID-19, as informações variam de acordo com o local e podem mudar a qualquer momento. Faremos o possível para manter esta página atualizada, mas isso não pode ser garantido.

O Skyscanner é o mecanismo global de pesquisa de viagens, ajudando seu dinheiro a ir mais longe em voos, hotéis e aluguel de carro.