Noticias Viagem para Israel: roteiro e dicas

Todos os artigos

Viagem para Israel: roteiro e dicas

Preparamos um artigo com um roteiro e dicas para você saber o que visitar em Israel e quantos dias ficar pelo país. Confira!
Mapa

O que visitar em Israel é primeira pergunta de quem está montando um roteiro de viagem pela Terra Santa. Cheio de diversidade e icônico para fiéis de muitas religiões, o país é um destino que está em alta e atrai diferentes tipos de viajantes.

Recomendamos uma viagem para Israel não só pelo turismo religioso, mas também por suas belas praias na região Sul, a proximidade com outros países interessantes, a história e a vida noturna. Preparamos um guia com as principais cidades a se visitar, alguns passeios imperdíveis e dicas interessantes para quem está considerando viajar para essa região. Vamos juntos?

Quantos dias ficar em Israel?

Em um roteiro pela Terra Santa de no mínimo 15 dias você consegue conhecer Israel de Norte a Sul e ainda fazer uma breve visita a um dos países vizinhos que fazem fronteira: Egito ou Jordânia. Você pode conferir o roteiro Israel-Egito e Israel-Jordânia mais adiante.

Reserve seu voo para Israel!

Roteiro Jerusalém – 4 dias

Grande “centro” de Israel, Jerusalém é o principal destino do país. O seu grande atrativo é a Cidade Velha. Para quem busca referências a locais bíblicos, é um prato cheio. Seu ponto principal, claro, é o Muro das Lamentações, porém há muitas outras áreas de interesse na região. Ao todo, é preciso gastar pelo menos dois dias – em um ritmo bacana – para um roteiro pela Cidade Velha de Jerusalém.

Dia 1 – Cidade Velha de Jerusalém

Ao entrar na Cidade Velha, faça-o pelo famoso Portão de Jaffa, visite a Torre de Davi e depois dirija-se ao Bairro de Armênios, onde está a Catedral de São Tiago. De lá, você pode caminhar para o Monte Sião, local da Última Ceia, e seguir para o Bairro Judaico, onde está o Cardo, com resquícios de uma rua de 2 mil anos atrás.

Encontre hotéis em Jerusalém!

Da parte superior dessa região, é possível ver uma bela vista do Muro das Lamentações, do Cúpula da Rocha e do Monte das Oliveiras.Visitar os dois primeiros pontos é uma boa: você pode parar e fazer uma oração no Muro ou somente observar os fiéis, além de ir ao prédio Cúpula da Rocha, sagrado tanto para cristãos quanto para muçulmanos.

Por falar em muçulmanos, há ainda o Bairro Árabe, onde ficam as mesquitas, diversos pontos de comércio e locais bíblicos como o Tanque de Bethesda. Para quem é muito religioso, é possível seguir a Via Sacra, terminando na Igreja do Santo Sepulcro. Há indicações de todos os pontos dela pelas ruas da Cidade Velha de Jerusalém.

Dia 2 – Monte das Oliveiras, Museu do Holocausto e Mercado Mahane Yehuda

Ainda em Jerusalém, a região do Monte das Oliveiras é imperdível. Pelo Monte em si, pela vista da cidade e pelos pontos religiosos. A Dominus Flevit (igreja onde Jesus chorou), a Basílica da Agonia,o Jardim de Getsêmani… Tudo isso é possível conhecer em uma manhã.

Os melhores hotéis estão aqui!

Durante a tarde, inclua no seu roteiro de viagem outros atrativos um pouco mais distantes, como o Museu do Holocausto e a região de Ein Karem, local o João Batista nasceu e onde também tem a Igreja da Visitação.

Já à noite, sugerimos visitar o Mercado Mahane Yehuda, que é uma experiência que todos devem ter. Ir lá, comprar pães quentinhos e especiarias é um plus bem interessante.

Nos outros dois dias do seu roteiro em Jerusalém, vale conhecer os dois lugares abaixo fazendo um bate e volta.

Dia 3 – Roteiro Palestina

A cidade onde Jesus nasceu, Belém, é bem pertinho de Jerusalém. Lá, você pode visitar o Campo dos Pastores, local onde foi anunciado o nascimento de Jesus, além da Igreja da Natividade, onde Jesus nasceu. Ir de Belém para Jericó também é uma boa pedida.

Veja voos para Israel

Você vai passar pelo Deserto da Judeia e pode conhecer o Rio Jordão, local onde Jesus foi batizado. No mesmo dia, pode conhecer a Árvore de Zaqueue o Monte das Tentações.

Belém e Jericó ficam em Território Palestino e são lugares totalmente turísticos. Vale lembrar que, se estiver com carro alugado em Israel,não há cobertura em Território Palestino, ou seja, qualquer dano com o veículo não será coberto pela locadora.

O ideal é fazer ambos passeios com um guia em Israel que conheça e seja autorizado a entrar na região, pois judeus não são autorizados a entrar na Palestina.

Dia 4 – Roteiro Massada e Mar Morto

Contratando um passeio para Massada, você começa o dia visitando a fortaleza construída por Herodes no meio do Deserto da Judeia. Por meio de um teleférico, você visita todo o local que é repleto de história e curiosidades da época.

Passagens aéreas em oferta para Israel!

Saindo de lá, a cerca de 1h30, que tal boiar no lugar mais abaixo do nível do mar que existe no mundo? Essa façanha é possível no Mar Morto, em razão da quantidade de sal na água que é dez vezes superior aos demais oceanos. Aliás, o Mar Morto na verdade é um grande lago abastecido pelo Rio Jordão e está a 377 metros abaixo do nível do mar.

Na região há diferentes praias privadas com estrutura para passar o dia, fazer banho de lama do Mar Morto e limpar-se depois. Por falar em lama, ela é medicinal e não oferece risco algum, pelo contrário, é ótima para a pele.

Roteiro Tel Aviv –  1 a 2 dias

Tel Aviv é a “capital moderna” de Israel que pode ser feita em um ou no máximo dois dias de passeio. A cidade tem 14km de praia, ótima gastronomia, vida noturna agitada e é um polo tecnológico global. Mas ainda conta com a história antiga, em Jaffa, a Cidade Velha, onde você se sente um pouquinho em Jerusalém.

Seu roteiro em Tel Aviv pode começar por um tour de no máximo 2 horas iniciando pela Jaffa Clock Tower, que já sinaliza a entrada para a cidade velha de Jaffa. Lá a principal atração é a Igreja de São Pedro, bem no centro de uma pracinha.

Encontre voos para Tel Aviv!

Caminhando você encontra a Fonte dos Desejos e a Ponte dos Signos. Diz a tradição que você deve tocar o símbolo do seu signo esculpido nessa ponte e fazer um pedido. Por fim, pare e contemple o visual, inclusive o pôr do sol, do Portode Jaffa, hoje utilizado apenas por embarcações menores e pelos turistas que visitam o Mercado do Porto.

À tarde, se preferir algo mais moderno, caminhe pela cidade. Rothschild Boulevard tem muitas opções de restaurantes, além de uma vida noturna agitada. Dizengoff Street Bialik Street são alguns exemplos dos locais que deram à Tel Aviv o nome de Cidade Branca, por conta dos prédios em estilo Bauhaus. A capital de Israel foi declara Patrimônio Mundial pela UNESCO por ter a maior concentração de construções no estilo Bauhaus do mundo.

Reserve seu hotel em Tel Aviv!

Para conhecer a orla de Tel Aviv, você pode começar pela praia Gordon Beach, passando por Metzitzim e terminando em Jerusalém Beach, sendo as duas últimas famosas por serem gay friendly.

À noite, volte para o hotel, se arrume e saia para curtir. Shoppings, restaurantes e boates não faltam. É uma quebrada de ritmo interessante no meio de uma viagem que parece “apenas cultural”.

Roteiro Norte de Israel – 2 a 3 dias

Dia 1 – Cesareia, Akko e Haifa

Se você não tiver contratado um pacote de viagem em Israel, alugue um carro em Tel Aviv e siga seu roteiro de viagem pelo Norte de Israel. Comece imergindo na cultura conhecendo o Parque Nacional da Cesareia, que é a “Roma” construída por Herodes. Saindo de lá, é possível visitar o Parque Nacional Megido, uma fortaleza construída pelo Rei Salomão.

No caminho para Akko, cidade mais antiga depois de Jerusalém, você pode visitar Rosh Hanikra que é um Kibutz a 19 km de Akko e a 45 km de Haifa. No local, há uma formação geológica com diversas grutas bem à beira do mar Mediterrâneo. Basta pagar por um teleférico para descer ao nível do mar e passar por dentro de túneis que ligam as grutas – saiba que um dia tudo isso já foi coberto por água.

Em Akko, a atração é caminhar pela Cidade Velha, que é uma antiga fortaleza com comércio e moradia em ruas e vielas. Faça o passeio de lancha e conheça a linda vista da cidade.

Os melhores hotéis de Israel!

Haifa é a cidade portuária que é laica. Um grande atrativo é o Santuário Bahaísta, um local que tem um jardim lindo e só pode ser acessado pelos fiéis que frequentam o Bahaísmo. O lugar mostra que Israel não possui apenas as 3 religiões monoteístas: islamismo, cristianismo e judaísmo.

Para o turista só é permitido acessar a parte superior que contempla uma linda visão de um jardim muito bonito, que parece uma maquete ao longe. Se estiver de carro, pode se hospedar nesta região para seguir viagem.

Dia 2 – Nazaré e Galileia

Alugando um carro em Israel ou fazendo passeios com empresas turísticas, você pode conhecer Caná da Galileia, onde Jesus fez seu primeiro milagre. Depois a sugestão é seguir para a cidade de Nazaré, onde há a Igreja da Anunciação.

Reserve seu hotel agora mesmo!

Saindo de lá, siga rumo a região da Galileia em si. Você vai se deparar com a Igreja do Primado de Pedro, a Igreja da Multiplicação dos Pães e Peixes, a cidade de Carfanaum e o Monte das Bem Aventuranças. Margear o Mar da Galileia é um passeio fantástico para quem está em busca de turismo religioso – há, inclusive, passeio de barco nessa região.

Para fechar a viagem pela Terra Santa, caso deseje realizar um batismo, o Recanto Batismal Yardenit é um espaço fechado, onde é possível alugar batas para se batizar no Rio Jordão. Mesmo que você não esteja com um padre ou pastor é permitido entrar no rio e se batizar.


Roteiro Sul de Israel – 1 a 2 dias

Eilat

Eilat é uma cidade no Sul de Israel, para onde você pode ir de Tel Aviv em um ônibus cuja viagem dura aproximadamente 5 horas atravessando todo o Deserto da Judeia. É uma cidade de praia, onde muitos europeus passam o verão.

Apesar dos principais atrativos de Eilat serem as atividades no mar, a cidade também é conhecida por ser o ponto mais próximo das fronteiras de Egito e Jordânia, e, por isso, ser uma parada interessante para colocar no seu roteiro caso deseje visitar esses países.

Veja voos para Eilat!

O seu principal atrativo é o Observatório Marinho, que fica na Coral Beach. Ele é como um aquário dentro do mar, no qual os visitantes podem observar diversos animais da vida marinha em seu habitat.

As excursões de off-road e os passeios de mergulho também são boas pedidas se você tiver mais tempo, mas normalmente, acaba sendo apenas um destino de passagem, para um ou dois dias, entre Israel e outros países próximos.

De Israel para Egito e Jordânia

Aproveite sua passagem para Israel e conheça o Egito e a Jordânia. Em Eilat, cidade ao sul de Israel, há fronteira para os dois países. Para o Egito, você entra por Taba, conhece o deserto do Sinai e segue viagem para o Cairo.

Os melhores voos para Eilat estão aqui!

Recomendamos contratação de um guia para tramitar questões de visto e todo translado com segurança pelo deserto. Sempre verifique o site da embaixada para saber regras sobre solicitação do visto, pois estas podem mudar.

Querendo visitar a Jordânia, você também pode cruzar a fronteira de Eilat para Aqba e de lá seguir viagem para Petra, parando antes para conhecer Wadi Rum, o incrível deserto da Jordânia. Da mesma forma, para aquisição de visto na fronteira,pesquise antes orientações no site da embaixada do país.

Fontes: O Tour nosso de cada dia, Go Israel

Encontre suas passagens aéreas promocionais agora mesmo!

Para encontrar os melhores preços para comprar passagens aéreas mais baratas, vá até o site do Skyscanner. Basta preencher os campos abaixo para encontrar os melhores preços para o seu destino.

E se você quiser definir a sua próxima viagem com base nas promoções, faça uma busca para qualquer lugar durante o mês mais barato e descubra qual será o destino da sua próxima viagem barata!

Mapa

Aplicativo Skyscanner
Baixe nosso app de viagens, é gratuíto!

Confira as avaliações de viajantes como você e veja porque o Skyscanner é o melhor aplicativo para encontrar passagens aéreas em promoção, hotéis baratos e aluguel de carros.

Avaliado por Adijalba Costa on 06 de Fevereiro, 2019

Excelente para ver preços e receber alertas.

Avaliado por Tiago Almeida on 03 de Fevereiro, 2019

Excelente app para pesquisa de tudo relacionado com viagens.

Avaliado por Vitoria Xavier Blanes on 02 de Fevereiro, 2019

Fácil de usar e muito eficiente! Já economizei muito com os alertas de preços.

Avaliado por Mateus Custódio on 31 de Janeiro, 2019

Melhor aplicativo para sua procura e comparação em viagens baratas!

Avaliado por Alisson Silva on 16 de Janeiro, 2019

Melhor app pra pesquisar voos baratos.