Noticias Top 10 dicas sobre Barbados

Todos os artigos

Top 10 dicas sobre Barbados

Dicas da Fabiane e do Fábio, do blog Viagens e Vivências, sobre o paraíso conhecido como Barbados!

Guest Post: Viagens e Vivências

Recentemente, tivemos a oportunidade de conhecer Barbados, nossa 8ª Ilha Caribenha, e vamos compartilhar dez dicas para você conhecer este paraíso pelo qual nós ficamos apaixonados!

Top 1 – Dicas gerais antes de embarcar

Barbados está a apenas 5h30, em voo direto, a partir de São Paulo (Guarulhos), o que torna o destino ideal para famílias com crianças pequenas. Por enquanto, somente a Gol realiza este trajeto, mas você pode olhar o voo por outras companhias aéreas, e obrigatoriamente terá conexão em outra cidade, como por exemplo, Miami, o que pode não ficar interessante financeiramente, nem burocraticamente, já que para fazer paradas nos Estados Unidos, o viajante deve ter visto.

Os voos para Barbados a partir de São Paulo são apenas uma vez por semana, vão aos sábados, pela manhã, e retornam aos domingos, também na parte da manhã. Então, obrigatoriamente, você permanecerá pelo menos 8 dias na Ilha.

Barbados não exige visto, apenas passaporte válido e vacina contra Febre Amarela, com Certificado Internacional expedido pela ANVISA. É importante que você veja com antecedência a questão da vacina, porque ela começa a fazer efeito somente depois de dez dias. Então este pode ser um detalhe que frustrará sua viagem (eles realmente conferem tanto na hora do embarque, no Brasil, quanto na chegada, em Barbados). Para maiores detalhes sobre o Certificado, acesse aqui.

→ Veja também: 6 países que não exigem visto dos Brasileiros.

A ilha é a mais oriental das Antilhas, motivo pelo qual, está praticamente fora da rota dos furacões. Possui clima agradável durante todo o ano, com temperaturas entre 21ºC a 26ºC. E por ser de colonização Inglesa, apesar de ter declarada sua independência em 1966, manteve alguns costumes ingleses, como a mão de direção, por exemplo, e a pontualidade.

Passagens aéreas para Barbados

Top 2 – Aluguel de Carro

Em um primeiro momento, você pode ficar assustado com a questão da mão-inglesa de direção, mas não é tão dfiícil assim. Demoramos em torno de 10 minutos para acostumar. Caso não se sinta à vontade com a direção de veículos desta forma, talvez seja melhor não alugar carro na ilha e utilizar o meio de transporte local. A maioria dos passeios oferece transfer a partir do hotel (exceto para as praias), e a ilha possui transporte público eficiente (os cantos mais inusitados que você possa imaginar, vimos um ponto de ônibus). Pense somente no desconforto do trajeto realizado em veículos sem ar-condicionado, no calor de uma ilha caribenha.

Além disso, o que torna o aluguel de carro viável em Barbados é justamente a independência e a possibilidade que se tem para desbravar a ilha. Prefira alugar o veículo do Brasil, e opte sempre por locadoras barbadianas, que são bem mais baratas que as empresas conhecidas mundialmente. No momento de check-in, apresentando sua carteira de motorista, será concedida uma Licença para dirigir na Ilha.

Alugue um carro em Bridgetown

Top 3 – Onde ficar

Barbados possui uma infinidade de opções de hospedagem e justamente por isso não é fácil a tarefa de escolher uma delas. Ficamos hospedados no The Crane, um resort luxuoso, localizado na famosa Crane Beach, praia que foi eleita em 2015 como a melhor praia do Caribe, pelo 10 Best.

The Crane possui basicamente três tipos de acomodação: Residências Históricas (que não são comercializadas para Brasileiros); Residências com vista para o mar e Residências com vista para o Parque. Ficamos hospedados na Residência com vista para o Parque, em um Roof Top com piscina privativa, bastante espaçosa e ideal para famílias com crianças ou casais em lua-de-mel.

Este tipo de acomodação possui no primeiro andar cozinha totalmente equipada, sala de estar, quarto com banheiro amplo, e no segundo andar, uma área com churrasqueira e jacuzzi.

O Resort, de 4 diamantes ou 5 estrelas, possui ainda estacionamento gratuito, internet sem fio e gratuita em todas as dependências do hotel, inclusive na praia, além de cinco restaurantes, cinco piscinas (para crianças e adultos), e uma Vila super agradável com lojas, cafés e mercados.

Apesar de ser uma hospedagem mais cara, você não ficará arrependido de se hospedar lá! Garantimos!

Encontre hotéis em Bridgetown

Top 4 – As Praias

Barbados tem em torno de 60 praias, capaz de agradar todos os gostos. Entretanto, existem basicamente dois tipos de praias: as que são do lado do Mar do Caribe (com aquele azul Caribe que vimos nas fotos), e as do lado do Oceano Atlântico (com praias sem aquele azul caribe que nos encanta, mas com uma característica mais selvagem e paradisíaca), que são lindas também!

Não deixe de visitar as seguintes praias: Crane Beach, Bottom Bay e Bathsheba (do lado do Oceano Atlântico), Sandy Lane Beach, Mullins Bay, Carlisle Bay, Accra Beach e Paynes Bay (do lado do Mar do Caribe).

Top 5 – Passeio de Catamarã

Um passeio imperdível em Barbados é de Catamarã, que proporciona bastante diversão, além do mergulho com as Tartarugas Marinhas, que são praticamente o mascote da Ilha.

Existem muitas opções de passeios de Catamarã e nós escolhemos o Tiami, que inclui transfer do hotel ao local de partida do barco (Porto em Bridgetown), bem confortável, com número de pessoas limitado, e inclui parada em três locais para mergulho e snorkel, bebidas livre, além de lanches e almoço, e, ao final, retorno ao hotel.

O passeio que dura quase o dia todo (somando deslocamento + duração do passeio em si) vale muito a pena! É uma experiência incrível mergulhar com as Tartarugas Marinhas, além de ver muitos peixes e os lindos corais.

Top 6 – Passeio de Submarino

Outra experiência indescritível e única, mas que não é muito recomendada para pessoas claustrofóbicas. E apesar do mergulho do submarino ser de apenas 45 minutos, o finalzinho é praticamente o limite entre o confortável e uma ligeira sensação de incômodo.

Inicialmente, você vai de barco até o local onde o submarino mergulha. Logo, durante a imersão, que vai aproximadamente a 45/50 metros de profundidade, você vê corais, tartarugas, cardumes multicoloridos, além de uma pequena embarcação naufragada.

Crianças com mais de metro de altura podem fazer o passeio e ficam alucinadas!

Top 7 – Oistin’s às sextas-feiras à noite

Oistin’s é uma comunidade de pescadores que fica bem movimentada às sextas-feiras, quando eles preparam os alimentos na presença dos turistas e dos próprios bajans (barbadianos). O cheiro das comidas preparadas no local é incrível e o ambiente é bastante descontraído. Existe um palco onde são realizados alguns shows, várias mesas com cadeiras de frente para o palco e para as barraquinhas, onde todos ficam sentados, até mesmo com outras pessoas, e ali bebem e realizam suas refeições.

Mas prepare o bolso! Apesar de ser uma feirinha local, os preços não são nada baratos, e são poucos os estabelecimentos que aceitam cartões de crédito.

Top 8 – Destilaria de Rum

Se você aprecia a bebida não pode deixar de visitar uma Destilaria de Rum, em Barbados, local onde a bebida foi criada por volta do ano de 1654. A bebida é típica na região, e sempre você vai se deparar com um Rum Punch. A Mount Gay Rum é a mais antiga do país (1703) e uma das mais visitadas também. Além do tour na destilaria, você pode degustar e comprar os produtos fabricados no local.

Top 9 – Compras em Bridgetown

A cidade é a capital de Barbados e é composta por vários prédios antigos. Mas é lá, também, que se concentra a maioria das lojas da ilha, que acaba se tornando um local bastante visitado para as compras. A Cave Shepherd é uma das melhores lojas por lá! Ela tem grifes famosas, e ao final, você apresentando seu passaporte, receberá isenção de impostos. Entretanto, como é considerado Duty Free, você não receberá o produto na hora da compra. Deverá retirá-lo no aeroporto no momento anterior ao embarque para o Brasil.

Top 10: Passeio ao Harrison’s Cave e Hunte’s Gardens

Dois locais que proporcionam um grande contato com a natureza! Harrison´s Cave, localizada na região central de Barbados e descoberto no século 18 por um dono de terras da ilha, é uma caverna com muitas estalactites e estalagmites, além de lagos profundos de águas cristalinas e diversas formações rochosas. Você pode fazer diversos tipos de passeios, sendo que um deles é realizado em uma espécie de bondinho que passa pelos principais pontos do local, com paradas para fotos e apreciação.

Bem perto da Harrison´s Cave, fica o Hunte´s Gardens, um jardim quase secreto! Além de muitas plantas exóticas, que dão todo o charme ao local, você pode sentar para ler um livro, ou quem sabe degustar um chá. Ah! E tudo isso ao som de música clássica, que é o fundo musical deste jardim encantador.

Bem! Não perca tempo e Visite Barbados!

Gostou das dicas? Acompanhe o Viagens e Vivências nas redes sociais:

Viagens e Vivências no Facebook;

Viagens e Vivências no Instagram.

Fotos: Viagens e Vivências