Noticias Roteiro de viagem: dicas de planejamento

Todos os artigos

Roteiro de viagem: dicas de planejamento

Quer ser um expert e saber tudo sobre como planejar uma viagem? Selecionamos abaixo várias dicas que irão ajudar você a criar o roteiro do seu próximo destino e ser um viajante cada vez mais independente.
Mapa

Texto por Bibiana Nilsson

Como fazer um roteiro de viagem?

Está com vontade de viajar, mas não sabe por onde começar? Não faz ideia como se planejar para fazer uma viagem? Nós do Skyscanner apresentamos aqui um guia cheio de dicas para você planejar sua viagem dos sonhos!

Neste artigo, você aprenderá o que é um roteiro de viagem e terá dicas para montar um roteiro imbatível para qualquer destino. Também apresentaremos algumas ferramentas eficientes para ajudar você nesta tarefa. Vem com a gente!

O que é um roteiro de viagem?

Um roteiro de viagem nada mais é que um plano para a viagem. Em outras palavras: no planejamento do roteiro, você define para onde quer ir, quando, por quanto tempo e a quantia de dinheiro que tem disponível ou que deseja gastar para essa viagem (seu orçamento).

Itens fundamentais de um roteiro inicial:

  • Destino (s);
  • Datas: chegada e partida;
  • Orçamento inicial.
Buenos Aires, Argentina: veja uma sugestão de roteiro pela América do Sul | © Henrik Dolle

Que tipo de viajante você é?

Um roteiro de viagem completo pode englobar também questões tais quais: como será o estilo de viagem? Como viajar/transitar pelo destino? Como gastar menos?

Antes de começar a planejar, contudo, é importante refletir a respeito de seu perfil de viajante:

  • Que tipo de turista você é?
  • Gosta de ter tudo planejado previamente ou prefere flexibilidade e surpresas ao longo do caminho?
  • Faz questão do conforto ou não se importa com a simplicidade em prol da economia?

Não tem um perfil definido? Aqui no Skyscanner, fizemos um quiz especial, que pode auxiliá-lo a compreender seu perfil viajante, descubra que tipo de viajante você é!

Para um roteiro de viagem incrível: perguntas fundamentais

Responder às seguintes perguntas pode ajudar você na hora de iniciar a montagem do seu roteiro:

1. Para onde eu quero ir? 

Definir o destino ou os destinos é fundamental. Você quer visitar uma cidade em específico, uma região, um país ou mais países?

Nesse sentido, um roteiro de viagem para a Europa pode ser construído para englobar diferentes países e regiões, como o Leste Europeu, ou dedicado a visitar capitais clássicas, como Londres, Amsterdam e Paris, dentre inúmeras outras inúmeras possibilidades.

Londres, Inglaterra: confira sugstões de roteiro de viagem pela Europa! | © Simone Bicchetti

Já um planejamento para um país apenas pode ser mais simples. Dependendo do quanto tempo disponível e outros fatores, contudo, pode exigir uma logística que se assemelha à visita de um continente.

Um roteiro de viagem pelo Brasil, por exemplo, pode ser mais trabalhoso do que um roteiro de viagem pela Europa. Com cenários tão distintos, nosso país pede que o turista decida que tipo de paisagem deseja. Abaixo, você confere algumas ideias:

Os muitos roteiros de viagem que você pode montar só no Brasil

Praias? Dá para elaborar um roteiro pelos 10 destinos do litoral brasileiro com passagens aéreas baratas, por exemplo. Pode ser uma viagem curta, visitando um lugar no seu estado ou região, ou mais longe, descobrindo as melhores praias no Nordeste ou as melhores praias de Santa Catarina, e por aí vai.

Já se a opção recair sobre a Serra, o Rio Grande do Sul é um destino clássico e é interessante conhecer o Vale dos vinhedos ou aproveitar tudo o que há para fazer em Gramado.

Ainda sobre regiões serranas, não se deve desconsiderar destinos em Santa Catarina, Paraná (Roteiro Região Sul do país), São Paulo e até Rio de Janeiro. O mesmo Rio de Janeiro. Afinal, na Cidade Maravilhosa, o que não faltam são diversos passeios, inclusive gratuitos, para se fazer.

Mas sem esta alcunha, cidades maravilhosas, ou locais maravilhosos, também podem ser, dependendo que se procura no destino (Gastronomia? Arte? História? Festas? Aventura? Ecoturismo), locais tão distintos como São Paulo, Inhotim, Olinda , Campina Grande, Bonito ou Manaus também permitem roteiros incríveis.

A compreensão do que se quer visitar também é fundamental para Europa, Ásia, América do Norte ou qualquer continente, país ou mesmo uma região pequena, mas que apresente um leque diversificado de atrações.

Ainda na escolha de destino, devem pesar questões como a época do ano, o tempo disponível, o estilo de viagem e, claro, o orçamento disponível para a viagem.

2. Quando pretendo viajar?

Saber as características do seu destino ao longo dos meses é muito importante, pois esses detalhes podem fazer você reconsiderá-lo ou, ainda, rever o período de sua viagem.

Se o seu sonho é viajar para a Grécia, pode ir em qualquer época do ano, mas se deseja curtir as fantásticas ilhas gregas, o ideal é se programar para viajar entre junho e setembro, ou seja, durante o verão europeu. Será necessário atentar-se ainda para o fato de que em julho e agosto é a alta temporada no arquipélago – o que significa preços mais caros e lugares mais cheios (bom saber quanto que custa a viagem pela Grécia).  

Se você se interessa pelo norte da Europa e deseja apreciar a aurora boreal deve considerar visitar países como Suécia, Finlândia, Noruega ou Islândia entre outubro e fevereiro – e estar ciente que vai encarar o frio extremo.

Um roteiro de viagem pelo Chile para esquiar no Vale Nevado, por exemplo, deve contemplar o inverno, mas para se aventurar pela Patagônia chilena, preferencialmente o verão. Já para o Deserto do Atacama a preocupação com a estação do ano é menor, pois esta bela região chilena é turística o ano todo.

Entender o calendário local, portanto, é fundamental, seja pela questão do clima ou de festas sazonais. Neste último caso, grandes eventos costumam atrair mais turistas, influenciando em valores e na disponibilidade de hospedagem e transporte. 

3. Quanto tempo eu tenho disponível para fazer essa viagem?

O tempo que você pretende ficar no local também é uma informação importante pois vai definir o ritmo da sua viagem, a flexibilidade que poderá ter o roteiro e quantos lugares a mais você poderá conhecer.

Um roteiro de viagem para Portugal, por exemplo, que inclua as principais atrações do país, pode ser planejado para uma semana ou um mês. O primeiro pedirá um ritmo mais acelerado, e você não deverá ir muito além de Lisboa e Porto; já o segundo, com mais tranquilidade, permitirá que você explore do Algarve (sul) ao Minho (norte).

Quanto mais lento o ritmo da viagem, mais tempo você tem para curtir as atrações com calma, descobrir locais especiais, que não constam nos guias turísticos. Com mais tempo, você tem mais oportunidades para conversar com moradores locais ou viajantes, enriquecendo ainda mais sua experiência.

Orlando, EUA: saiba o que fazer em Orlando e monte seu roteiro de viagem pelos EUA!

4. Qual o meu orçamento?

Viajar para o destino dos seus sonhos pode virar um pesadelo na hora de pagar a fatura do cartão de crédito. Por isso é muito importante que você defina o quanto pode ou quanto está disposto a gastar com a viagem.

Viajar para Munique (Alemanha), por exemplo, fica muito mais caro no período da Oktoberfest do que nos outros meses do ano, quando há menos turistas. Entretanto se o seu objetivo é curtir a maior festa cervejeira do mundo, talvez valha a pena se programar para gastar mais e ter essa experiência tão especial.

Quanto menos recursos você tiver, mais importante se torna o planejamento. Encontrar opções de hospedagem e transporte mais baratas (e boas) pode demandar um tempo maior de pesquisa.

Dicas para montar um roteiro de viagem incrível em três passos

Com as respostas para as questões acima, você tem as informações mais importantes para montar o seu roteiro. Agora veja nossas dicas!

1. Pesquise, pesquise, pesquise

Uma pesquisa rápida sobre o seu destino é fundamental para começar o planejamento de seu roteiro.

  • Quando é a alta temporada?
  • Existem atrações interessantes fora desse período?
  • Como eu posso chegar no destino?
  • Quais são as opções de hospedagem disponíveis?
  • Quantos dias eu devo ficar no destino para conhecê-lo minimamente?
  • No caso, de viagens internacionais, descubra: é preciso visto para o país? Passaporte? Algum tipo de vacina? Qual moeda levar?

Responder às perguntas anteriores é um início, mas sua pesquisa deve seguir adiante para buscar mais informações e melhor entender o destino.

Busque dicas em blogs de viajantes e não fique apenas nos resultados da primeira página. Se você não confia muito no universo online, as boas e velhas livrarias são uma ótima opção. A maioria tem bons guias de viagem que podem auxiliá-lo a montar seu roteiro.

Merecem atenção também os livros de narrativas relacionadas a viagens. Ainda que inicialmente não o auxiliem de forma objetiva a montar um roteiro, podem inspirar a próxima aventura ou despertar sua criatividade para o planejamento.  

Mídias sociais também são uma boa ferramenta de pesquisa, principalmente quando se está viajando para um local pouco conhecido ou não muito turístico. É possível ainda pedir indicações aos amigos nas redes ou buscar por grupos específicos.

Veja tudo o que você precisa providenciar para sua primeira viagem internacional!

Caso esteja viajando para o exterior, no Facebook você encontra comunidades de brasileiros pelo mundo. Basta procurar por “Brasileiros em [destino]” e pedir para entrar no grupo. Dessa maneira, você terá acesso a pessoas que moram no local e podem esclarecer suas dúvidas.

2. Planeje-se, mas tenha dose de flexibilidade

Por mais que você tenha pesquisado e planejado com cuidado seu roteiro de viagem é impossível prever tudo que pode acontecer.

Sendo assim, deixar um tempo livre entre as atividades ou mesmo planejar um dia a mais entre uma cidade e outra alivia a pressão em caso de imprevistos, evitando eventuais momentos de estresse.

É no decorrer da viagem que seu roteiro ganha vida. Alterações da rota inicial e imprevistos fazem parte da jornada.

Além do mais, planejar um tempo livre também permite que você se deixe levar um pouco pelo local que está visitando, oportunizando surpresas e descobertas inesperadas.

Dica: Melhor época para viajar para Chile, Argentina, EUA e Europa!

3. Use e abuse da tecnologia para montar o seu roteiro de viagem

O buscador aqui do Skyscanner é um ótimo lugar para começar: não é à toa que é usado por 90 milhões de viajantes de todo mundo para encontrar as melhores promoções. Pelo site, você busca e compara passagens aéreas baratas, hotéis e aluguel de carros.

Além do site, o Skyscanner tem um aplicativo gratuito (para Android e iOS) e ambas plataformas permitem que você faça uma busca por qualquer lugar e/ou pelo mês mais barato. Outra funcionalidade bacana é nosso alerta de preços, que te ajuda a aproveitar promoções e ofertas de viagem.

App de viagens

Outros app úteis para organizar sua viagem

Existe outros aplicativos que auxiliam na organização do itinerário: é o caso do Sygic (Android e iOS). Uma vez que você escolheu a cidade, inseriu as datas, hospedagem e meio de chegada, o app oferece sugestões de atrações para incluir no planejamento.

Outro aplicativo que ajuda a organizar o roteiro de uma viagem é o TripIt (Android e iOS). Após baixá-lo, o viajante encaminha os e-mails de confirmação de companhias aéreas, hotéis e ingressos adquiridos e o app então organiza tudo, criando os itinerários de cada dia, com mapas.

E por falar em mapas, se antigamente os viajantes precisavam de grandes espaços para abrir um mapa e traçar à caneta um roteiro, hoje, com a tecnologia, tudo ficou mais fácil e acessível.

O aplicativo Maps.Me (Android e iOS) é um aplicativo GPS gratuito para celulares, disponível no mundo todo. Com suporte a mapas offline, o Maps.Me apresenta estabelecimentos próximos ao usuário e cria itinerários personalizados.

O tradicional Google Maps também é uma boa opção e permite ao turista criar um mapa customizado com o itínerário da viagem.

Como criar um roteiro de viagem com o Google Maps?

Para adicionar um local ao roteiro, o viajante pode encontrá-lo no mapa e marcá-lo com um pin ou adicioná-lo pela barra de ferramentas. É possível também personalizar todos os ícones utilizados, mudando cores e os formatos, além de desenhar linhas e percursos entre os locais, criando rotas específicas.

Recaptulando:

Gostou das nossas dicas de planejamento? Busque passagens aéreas em oferta!

Para mais informações e promoções de passagens sobre os lugares acima, você pode buscar outras passagens aéreas promocionais em nosso site ou criar um alerta de passagens para monitorar a variação os preços dos voos para o seu destino favorito!

Basta baixar nosso aplicativo de viagem ou usar as ferramentas de nosso site.

Mapa

Leia também:

Dicas para viagens independentes

Skyscanner + Trello Power-Up: para planejar

Apps úteis: os melhores aplicativos para viagem

App de viagens
Confira as avaliações de viajantes como você e veja porque o Skyscanner é o melhor aplicativo para encontrar passagens aéreas em promoção, hotéis baratos e aluguel de carros.

Avaliado por Adijalba Costa on 06 de Fevereiro, 2019

Excelente para ver preços e receber alertas.

Avaliado por Tiago Almeida on 03 de Fevereiro, 2019

Excelente app para pesquisa de tudo relacionado com viagens.

Avaliado por Vitoria Xavier Blanes on 02 de Fevereiro, 2019

Fácil de usar e muito eficiente! Já economizei muito com os alertas de preços.

Avaliado por Mateus Custódio on 31 de Janeiro, 2019

Melhor aplicativo para sua procura e comparação em viagens baratas!

Avaliado por Alisson Silva on 16 de Janeiro, 2019

Melhor app pra pesquisar voos baratos.