O Covid-19 (coronavírus) pode afetar seus planos de viagem. Seja qual for seu destino, veja aqui as últimas recomendações.

Noticias Porto Velho e seus encantos amazônicos

Todos os artigos

Porto Velho e seus encantos amazônicos

Descubra Porto Velho: veja dicas de lugares para visitar, passeios, restaurantes imperdíveis e os melhores hotéis na cidade!

Por Tatiana Yoshizumi* / O Viajante  

Capital de Rondônia, Porto Velho está na lista das cidades que tiveram um aumento nas buscas, figurando como um dos destinos que são tendência em 2020.

Listamos abaixo algumas dicas, assim você pode garantir sua passagem, seu hotel e se programar para conhecer esta cidade amazônica!

Onde fica Porto Velho?

Localizada na parte oeste da Região Norte brasileira, porção da Amazônia Ocidental, Porto velho se encontra na Bacia do rio Amazonas, tendo o rio Madeira a banhar o município – que é o maior em extensão territorial entre as capitais brasileiras, se estendendo até a fronteira da Bolívia.

A cidade, quarto município mais populoso da Região Norte, foi fundada em 4 de julho de 1907, pela empresa Madeira Mamoré Railway Company, durante a construção da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré, símbolo local. Se tornou a capital de Rondônia em 1943.

O que fazer em Porto Velho

1. Conferir a Praça das Três Caixas d’Água

Conhecidas como as Três Marias, as caixas d’água, originárias dos Estados Unidos, foram trazidas desmontadas para o Brasil a fim de abastecer a área durante as obras de construção da estrada de ferro.

Com capacidade de 200 mil litros cada, se encontram na praça no centro da cidade e são um símbolo de Porto Velho e do nascimento do município.

2. Caminhar pelo Espaço Alternativo

Todos os dias no fim da tarde, uma das pistas da Avenida Governador Jorge Teixeira, que vai da cidade até o aeroporto, é fechada e se torna um dos pontos mais procurados pela população que vai para lá para caminhar, correr, andar de bicicleta, conversar.

No meio da pista, há uma réplica da histórica Maria Fumaça. O local, conhecido como Espaço Alternativo, conta ainda com lugares para comer e atrações para crianças.

3. Passear de barco

A atração mais famosa da cidade é o passeio de barco em Porto Velho, pelo rio Madeira, que dura em torno de uma hora. O barco, que sai das margens da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré, é uma ótima pedida de fim da tarde para curtir o pôr do sol. Com sorte, você ainda vê botos nadando pelo rio.

4. Percorrer a feirinha e a estrada de Ferro

Na frente de onde saem os barcos tem uma feirinha de artesanato, onde você pode comprar lembrancinhas e apreciar a arte nativa. É pequena, mas vale a visita. É neste local também que fica a estrada de ferro, onde há uma (outra) Maria-Fumaça, e o Museu da Ferrovia.

5. Visitar o Memorial Rondon

Por meio de fotos e projeções, o Memorial Rondon apresenta as expedições do Marechal Rondon, engenheiro militar que se aventurou pela região amazônica a apoiou as populações indígenas.

O Memorial, aberto de terça a domingo, das 10h às 16h, conta ainda a história de Rondônia. É um dos pontos turísticos de Porto Velho que vale a pena conhecer, é bem interessante e interativo.

6. Espiar a Capela de Santo Antônio e outros locais próximos

Perto do Memorial fica a simples, pequena e aconchegante Capela de Santo Antônio, a primeira igreja construída em Porto Velho. A alguns passos dessa construção, se encontra um pequeno monumento, ponto que marca a divisa entre Amazonas e Mato Grosso antes da criação do estado de Rondônia. Também dá para ver a Usina Hidrelétrica de Santo Antônio.

7. Conhecer o Palácio Getúlio Vargas

É a antiga sede do governo, que quase abrigou o Museu da História Rondoniense. Hoje apresenta pequenas exposições. A construção é bem bonita e fica no centro da cidade.

8. Apreciar a Catedral Sagrado Coração de Jesus

Localizada no centro de Porto Velho, a Catedral é uma bela construção de influência gótica. Original de 1927, foi restaurada nos últimos anos.

9. Aproveitar os parques e balneários de Porto Velho

Afastados do centro da cidade, parques e balneários propiciam que se aproveite as belezas naturais da região. Os mais famosos são o Parque Natural de Porto Velho, onde é possível fazer trilhas, piqueniques e ver uma pequena coleção de animais empalhados; e os Balneários da Cachoeirinha e do Rio das Garças, ideais para quem curte se banhar.

10. Conhecer os Mercados

Os mercados de Porto Velho são interessantes e merecem ser conhecidos. O Mercado Central tem vários produtos regionais, comidas e remédios caseiros. É um ótimo lugar para provar um café da manhã com comidas típicas do Norte, como mingau de banana, cuscuz e tapioca com tucumã.

O Mercado do Km 1 é um pouco menor e mais simples que o Central, mas é ótimo para comprar frutas, polpas regionais, condimentos e comidas típicas.

Por fim, há que se conhecer o Mercado Cultural, que fica em frente ao Palácio Getúlio Vargas. Além das comidas típicas, esse mercado tem atrações culturais e vale a pena dar uma olhada na programação antes de escolher o dia da visita.

Restaurantes em Porto Velho

Há várias opções para provar as delícias locais. Além dos mencionados mercados, seguem algumas dicas gastronômicas sobre onde comer em Porto Velho:

1. Recanto do Tambaqui

Tem rodízio de peixe e são servidos costela de tambaqui frita, dourado frito, tambaqui na folha de bananeira assado na brasa e dourado ensopado no tucupi, além dos acompanhamentos que contam com pirão, vinagrete, farinha e arroz.

Horário: de quinta a domingo, das 11h30 às 16h

2. Casarão do Peixe

É mais uma ótima opção para provar comida típica e os deliciosos peixes da região Norte.

Horário: de terça a domingo, das 11h30 às 15h e de sexta e sábado, das 18h às 24h

3. Casa do Tambaqui

Restaurante com opções de rodízio ou à la carte com comidas típicas. Destaque para o pastel de tambaqui e o Pirarucu a Rondon.

Horário: diariamente, das 11h30 às 15h, e de quarta a sábado, das 18h30 às 23h30

4. Remanso do Tucunaré

Mais um restaurante de comida típica com destaque para a moqueca de dourado com camarão.

Horário: diariamente, das 11h às 23h

5. Emporium

Além dos pratos típicos da região, como o dourado amazônico, tem música ao vivo e é ótimo para um happy hour.

Horário: de segunda a sábado, das 18h à 1h

6. Debate Bar e Restaurante

Se você não é muito fã de peixe, este restaurante é especializado em carne.

Horário: de segunda a sábado, das 11h30 às 14h30, e de terça a sábado, das 18h às 24h

Sobremesas em Porto Velho

Passe em alguma sorveteria – e a mais famosa é a Dullim – e prove os sabores das frutas locais, como cupuaçu, açaí, açaí com tapioca, cajá.

Cafés em Porto Velho

Para finalizar a refeição ou mesmo aproveitar uma tarde na tranquilidade, nada melhor que um café, e Porto Velho tem boas opções como:

  • Brownie Bros, que serve lindos e deliciosos brownies;
  • Juninho Soft Café, bem tradicional da cidade;
  • e Delicerse, com ótimas opções de lanches.

Hotel em Porto Velho: onde ficar

Agora que você já sabe o que fazer em Porto Velho, separamos alguma sugestões de acomodações na cidade! Descubra o hotel em Porto Velho perfeito para você.

1. Oscar Hotel Executive

Localizado no centro da cidade, possui piscina e quartos modernos. Diárias a partir de R$ 183 por pessoa.

2. Marrocos Hotel

Fica a 600 metros das Três Caixas d’Água e oferece TV com canais a cabo e ar-condicionado. Diárias a partir de R$ 110 por pessoa.

3. Hotel Porto Madeira

Fica a 1 km do Porto Velho Shopping e a 500 metros de restaurantes que servem pratos locais. Diárias a partir de R$ 135 por pessoa.

4. Hotel Ecos Classic

Fica a 2 km de bares e restaurantes e a 12 minutos de carro da rodoviária. Diárias a partir de R$ 128 por pessoa.

Dica Bônus: Guajará-Mirim

Por que não conhecer outra cidade de Rondônia? A seis horas de ônibus de Porto Velho fica Guajará-Mirim, cidade que também faz divisa com a Bolívia. É neste município que se encontra, afastado do centro, o Hotel Pakaas, célebre por aparecer numa novela da Globo, Paraíso Tropical.  

O hotel se situa entre árvores, no meio da Floresta Amazônica, e sua piscina fica de frente para o encontro dos rios Mamoré e Pacaás. A vista dos quartos também é muito bonita. Se hospedar num hotel de selva é uma experiência bem diferente, de contato intenso com a natureza. Diárias a partir de R$ 250.

Do centro de Guajará-Mirim, você pode pegar um barco e atravessar para a Bolívia, para a cidade gêmea Guyaramerín, onde é possível andar de tuktuk pelas ruas e observar o comércio das lojas de fronteira, que vendem de roupas e cosméticos até eletrônicos sem impostos.

Na frente do porto brasileiro, tem um pequeno, mas interessante museu que conta a história da estrada de ferro Madeira-Mamoré e dos seringueiros.

* Autora do Blog tatiando.com, já conheceu todas as capitais brasileiras.

Curtiu? Reserve agora seu voo para Porto Velho e encante-se com essa cidade amazônica!

Você sabe como funcionam as nossas ferramentas de busca? Entre no nosso site ou baixe o nosso app de viagem.

Depois, pesquise pelo Mês mais Barato para descobrir a época mais barata para conhecer um destino perfeito para slow travel, ou use a ferramenta Qualquer Lugar para encontrar destinos que se encaixem no seu calendário e no seu bolso.

Se ainda assim você não encontrar o que procura, crie um alerta de preços e monitore a variação dos preços dos voos da sua cidade para o seu destino dos sonhos!

Leia também:

10 experiências (incríveis) para vivenciar no Brasil
O que é slow travel e por que você deve aderir
9 viagens de autoconhecimento e espiritualidade