O Covid-19 (coronavírus) pode afetar seus planos de viagem. Seja qual for seu destino, veja aqui as últimas recomendações.

Noticias Países abertos para brasileiros vacinados

Todos os artigos

Países abertos para brasileiros vacinados

Vivemos momentos difíceis. Mas com o mundo se preparando para abrir aos poucos em 2021, nós estamos aqui para te ajudar a sonhar e planejar sua próxima aventura - seja uma viagem curta para perto de casa ou mais longa para algum outro canto do mundo. Enquanto isso, seguimos compartilhando as informações e orientações em relação ao COVID-19 para que você se mantenha atualizado.

Conforme o mundo se recupera lentamente da pandemia, os países seguem flexibilizando as restrições para a entrada de viajantes, principalmente os vacinados contra a COVID-19. A lista com os países abertos para turistas brasileiros totalmente vacinados se altera quase todos os dias e, para te ajudar a identificar quais lugares estão aceitando viajantes, preparamos este artigo que será atualizado regularmente.

Dividimos a lista de países abertos para brasileiros em três partes:

  1. Países abertos para receber turistas brasileiros totalmente vacinados
  2. Países que exigem quarentena ou a apresentação de teste negativo para a COVID-19
  3. Países abertos com restrições leves para brasileiros

Embora alguns países não exijam imunização contra o coronavírus, vale lembrar que a vacina proporciona mais segurança e proteção durante a viagem. E fique atento às exigências de cada país, pois podem haver requisitos adicionais para viajar mesmo que você esteja vacinado ou tenha um resultado de teste negativo para COVID-19.

As informações aqui apresentadas foram atualizadas em 01 de junho de 2021 e estavam corretas no momento da postagem.

Países abertos para brasileiros totalmente vacinados

Estes são os países que atualmente estão abertos para viajantes brasileiros totalmente vacinados. Nestes casos são poucas ou nenhuma restrição para entrada.

Esta lista poderá aumentar logo pois alguns países na Europa, como Grécia e Portugal, já sinalizaram que possuem planos para maior flexibilização das exigências ainda este ano e irão aceitar viajantes vacinados. A própria União Europeia flerta com a reabertura a partir do seu passe de saúde, o Certificado Verde Digital.

Bahamas

Brasileiros vacinados, com a dose final tomada pelo menos 14 dias antes da viagem, estão isentos do teste PCR para entrar nas Ilhas Bahamas. Todos os passageiros devem solicitar um ‘visto de saúde para viagens‘ antes da partida e apresentar a versão impressa da aprovação na chegada ao país, além de contratar seguro viagem com cobertura para COVID-19.

Vacinas aceitas: AstraZeneca (Vaxzevria), Janssen (Johnson & Johnson), Moderna ou Pfizer-BioNTech.

Para viajantes não vacinados, é exigido teste PCR negativo realizado no máximo 5 dias antes do embarque, exceto menores de 11 anos. O certificado de vacinação ou teste PCR negativo serão necessários para solicitar o visto de saúde. Este processo pode demorar até 48h.

Hotel perto da praia nas Bahamas, um dos países abertos para receber viajantes brasileiros vacinados.

Islândia

A Islândia é mais um país que abriu as fronteiras para viajantes vacinados. O prazo exigido após a última dose pode ser de até 4 semanas antes da viagem, dependendo da vacina. Quem apresentar o certificado da vacinação completa ou de que já se recuperou do COVID-19, fica isento de quarentena. Brasileiros poderão passar por triagem na chegada para avaliar possíveis sintomas do coronavírus.

Vacinas aceitas: Pfizer/Biontech – última dose 19 dias antes, Astrazeneca/Oxford – última dose quatro semanas antes, Janssen (Johnson & Johnson) e Sinopharm – 3 semanas antes, e Moderna – última dose 25 dias antes.

O país exige também o preenchimento de um pré-registro para visitantes até 72h antes da chegada.

Aurora Boreal na Islândia, um dos países abertos para  brasileiros vacinados.

Maldivas

Os brasileiros vacinados já podem visitar as Maldivas apresentando certificado de vacina com dose final ao menos 14 dias antes de iniciar a viagem. Também é necessário preencher uma ‘declaração de saúde‘ online, 24hs antes de iniciar a viagem.

Vacinas aceitas: Pfizer/Biontech, Astrazeneca/Oxford (incluindo a produzida na Índia), Janssen (Johnson & Johnson), Sinopharm e Moderna.

Passageiros não vacinados precisam apresentar resultado negativo para coronavírus emitido no máximo 96 horas antes do primeiro embarque, mas se o passageiro ficou mais de 24 horas em trânsito, deverá realizar outro exame na chegada. Não se aplica a menores de 1 ano.

Praia paradisíaca nas Maldivas, um dos países abertos para turistas brasileiros vacinados.
Foto: Elaine Villatoro do blog de viagem Live More, Travel More

Países que exigem quarentena ou teste negativo para a COVID-19

Antes de realizar sua reserva de hotel ou passeios, confira as exigências referentes a entrada de turistas brasileiros no destino. Os países listados abaixo, em ordem alfabética, recebem viajantes vacinados e não vacinados, solicitando testes negativos para coronavírus ou até quarentena. 

As restrições de viagem poderão sofrer alterações a qualquer momento. Por isso, sempre cheque as informações antes de viajar em nosso mapa global interativo e nos sites oficiais de cada país.

África do Sul

A África do Sul segue sem proibições de voos vindos do Brasil. Para visitar ou fazer escala, os passageiros devem apresentar teste PCR negativo para COVID-19, realizado no máximo 72hs antes do primeiro embarque. Esta regra não se aplica aos menores de cinco anos.

O país também exige o preenchimento on-line de um ‘formulário de saúde do viajante‘ até 2 dias antes da chegada.

Montanhas nos arredores da Cidade do Cabo, na África do Sul.

Curaçao

A entrada em Curaçao está mais flexível. Os viajantes precisam apenas preencher o ‘cartão de imigração digital‘ e o ‘cartão localizador de passageiros‘ (impresso) no máximo 48h antes da viagem e carregar consigo a todo momento, assim como teste PCR negativo realizado até 72h antes. Um novo teste deve ser feito se a estadia ultrapassar três dias, e a regra não se aplica a menores de 7 anos.

É também exigida a contratação de seguro viagem com cobertura para COVID-19. Passageiros com atestado de recuperação da doença deverão apresentar teste de antígeno realizado até 24h antes da chegada. Mais informações aqui.

Praia de águas azuis em Curaçao, país com restrições de viagem na pandemia.

Egito

Com o visto de turismo, brasileiros podem visitar o Egito apresentando o teste PCR negativo para coronavírus, realizado até 72h antes da chegada. Exceto menores de 6 anos e passageiros em trânsito, que não sairão do aeroporto até o próximo voo.

Os viajantes também precisam preencher um ‘cartão de saúde pública‘ e possuir seguro de viagem com cobertura para COVID-19. Há possibilidade de novo teste na chegada e monitoramento de saúde por 14 dias pelas Autoridades de Quarentena e Gabinete do Ministério da Saúde locais.

Construções históricas no Egito, país que exige teste PCR negativo para coronavírus.

Emirados Árabes

É possível viajar para os Emirados Árabes Unidos chegando pelos aeroportos de Dubai ou Sharjah. As exigências para viajantes que chegam ao país são: apresentar declaração de saúde, seguro viagem com cobertura para COVID-19, instalar e habilitar o aplicativo ALHOSN UAE e possuir teste PCR negativo.

O teste, exceto para passageiros menores de 12 anos, deve ser realizado até 72h antes em laboratório credenciado. Um novo teste pode ser solicitado na chegada e aqueles que forem testados deverão cumprir isolamento até o resultado negativo ser confirmado.

Skyline de Dubai ao pôr do sol.

Irlanda

Uma porta de entrada na Europa é através da Irlanda, contudo, é exigido quarentena de 14 dias para passageiros vindos do Brasil. Este período pode ser reduzido caso um novo teste PCR aplicado no 10º dia de quarentena dê resultado negativo. O isolamento deve ser feito em um dos locais indicados pelo país e reservado antes da viagem. A boa notícia é que quem já está vacinado pode escolher onde ficar durante a quarentena.

Vacinas aceitas: A vacina da Pfizer deve ser tomada pelo menos 7 dias antes, já as vacinas da Moderna e da Johnson & Johnson devem ter última dose 14 dias antes. A vacina Oxford-AstraZeneca precisa estar completa 15 dias antes do início da viagem.  

O viajante também precisa preencher com antecedência um ‘formulário de localização do passageiro‘ e apresentar exame PCR negativo para COVID-19 realizado a menos de 72h (exceto para menores de 7 anos). O exame é obrigatório para viajantes vacinados ou não.

Paisagens verdes da Irlanda, porta de entrada para brasileiros que querem visitar a Europa na pandemia.

Namíbia

Além do preenchimento do ‘questionário de saúde‘, a Namíbia exige exame negativo de PCR para coronavírus aos viajantes que chegam ao país.

O resultado do teste deve ser de no máximo 7 dias antes da partida do primeiro ponto de embarque. Também é necessário ter seguro de viagem com cobertura para despesas relacionadas ao COVID-19.

Deserto da Namíbia, um dos países abertos para turistas brasileiros.
Foto: Elaine Villatoro do blog de viagem Live More, Travel More

República Dominicana

A República Dominicana alterou há pouco as restrições de viagem para brasileiros. De agora em diante, para entrar no país, começou a ser exigido o teste PCR negativo para Covid-19 feito até 72h antes da viagem.

Também deve ser preenchido e entregue um formulário de declaração de saúde. Os viajantes estão sujeitos a exames médicos na chegada, como teste rápidos de respiração, verificação de temperatura corporal e avaliação visual.

Praia quase deserta na República Dominicana.

Países abertos com restrições leves para brasileiros

Atualmente, poucos países estão abertos para brasileiros e com poucas exigências de entrada. Abaixo você confere informações sobre dois destes países para onde os brasileiros podem viajar.

Costa Rica

Outro destino que está aberto a visitantes internacionais e não exige mais quarentena é a Costa Rica. Antes de viajar, os passageiros precisam preencher um ‘passe de saúde‘ onde será gerado um QR code a ser apresentado na chegada.

Embora não exija exames, o país requer seguro viagem com cobertura completa para coronavírus (tratamento e hospedagem). Os protocolos se aplicam a viajantes vacinados ou não, e a chegada em terras costarriquenhas é autorizada somente pelos aeroportos San Jose (SJO) ou Liberia (LIR).

Vulcão na Costa Rica, país com restrições leves de viagem para brasileiros na pandemia.

México

O México é o país onde os turistas não precisam de exame nem quarentena. O requisito obrigatório para o brasileiro entrar no território mexicano, incluindo Cancún, é o preenchimento do ‘questionário de identificação de fatores de risco em passageiros‘.

O questionário deve ser preenchido antes da viagem iniciar e deve ser apresentado na chegada. Exames de saúde podem ser aplicados na chegada e, em caso de sintomas de COVID-19, podem ser aplicados mais testes ou quarentena.

Pirâmides astecas no México, país aberto para receber viajantes do Brasil.

Agora que você já sabe quais são os países abertos para receber turistas brasileiros vacinados e quais possuem restrições mais flexíveis, dá até pra começar a sonhar com o próximo destino!

Esse artigo foi atualizado em 01 de junho de 2021 e os dados estavam corretos no momento da postagem. Sempre procure sites oficiais para verificar as informações mais recentes e se certificar de como viajar com segurança na pandemia. O site de notícias da Organização Mundial de Saúde (OMS) é uma excelente fonte.

Perguntas Frequentes

Qual o teste de COVID-19 utilizado em viagens internacionais?

exame RT-PCR ou simplesmente exame PCR / teste PCR é o principal teste exigido em viagens internacionais. Esse teste molecular é capaz de detectar a presença do vírus até doze dias depois do início dos sintomas.

Qual vacina contra COVID-19 é aceita para viagens internacionais?

Cada país possui suas próprias restrições, portanto é necessário conferir caso a caso. De qualquer forma, entre as vacinas que costumam ser aceitas estão a Pfizer/Biontech, Astrazeneca/Oxford, Janssen (Johnson & Johnson), Sinopharm e Moderna.

Descubra para onde você pode ir

Confira o nosso mapa global interativo e descubra quais fronteiras estão abertas e quais são os requerimentos atualizados. Aproveite e inscreva-se para receber atualizações por e-mail assim que seus destinos de interesse reabrirem.

Informações sobre viagens e covid-19

Leia também: