O Covid-19 (coronavírus) pode afetar seus planos de viagem. Seja qual for seu destino, veja aqui as últimas recomendações.

Noticias Conheça Morro de São Paulo, um pedaço do paraíso na Bahia

Todos os artigos

Conheça Morro de São Paulo, um pedaço do paraíso na Bahia

A somente duas horas de barco de Salvador, a região conta com belas praias, ótimos restaurantes e hospedagens para todos os gostos. Pegue um catamarã para Morro de São Paulo, leia nossas dicas e aproveite!

Não tem como não ficar radiante de alegria ao chegar à Bahia. E se você estiver em Salvador e quiser esticar para um dos diversos paraísos em solo baiano, com praias de águas tranquilas, e um clima aconchegante, perfeito para relaxar, visite Morro de São Paulo.

É uma viagem que demora um pouquinho, mas que vale cada segundo. Com boas opções para se deliciar com a culinária local, hospedagens para todos os bolsos e até vida noturna, Morro de São Paulo é uma excelente pedida para curtir o sol no Nordeste.

Onde fica Morro de São Paulo?

Morro de São Paulo é uma vila na extremidade nordeste da Ilha de Tinharé do Brasil, na Bahia. Ela fica a cerca de duas horas de Salvador, mas o tempo de viagem depende bastante de qual será o deslocamento escolhido.

Como chegar em Morro de São Paulo?

A forma mais fácil de chegar em Morro de São Paulo é pegando um voo para Salvador e de lá seguir de catamarã, como você pode ver abaixo:

Rota A partir de
Rio de Janeiro para Salvador R$ 394
São Paulo para Salvador R$ 320
Porto Alegre para Salvador R$ 521
Belo Horizonte para Salvador R$ 360

Trajeto de catamarã

São várias as opções de acesso à vila. A mais prática é pegar um catamarã para Morro de São Paulo saindo do Mercado Modelo em Salvador. A viagem demora duas horas, e os horários de partida variam de acordo com a maré – porém, é possível ter uma previsão no site da empresa responsável pela gestão do terminal.

A grande questão desse traslado é que é uma travessia longa, em mar aberto, e isso pode causar fortes enjoos. Se você costuma passar mal com o balanço do mar, por exemplo, não é recomendado fazê-la.

Trajeto semi-terrestre

Há uma opção chamada de “semi-terrestre”, em que é possível ir a esse mesmo terminal, mas pegar uma balsa para o terminal de Mar Grande, em Itaparica.

Esse trajeto dura 40 minutos e, ao desembarcar, você poderá pegar um carro, ônibus ou van até Valença. O percurso é de 130km até o atracadouro de Bom Jardim, de onde saem as lanchas rápidas para Morro de São Paulo, com duração de, em média, 20 minutos. O tempo de deslocamento acaba sendo maior, porém evita-se o desgaste da longa viagem de barco.

Trajeto de avião

E para quem quer chegar o mais rápido possível, mesmo pagando bem mais por isso, existe também a opção de voar. Não é exatamente uma passagem para Morro de São Paulo, mas para a ilha de Tinharé, uma pista de pouso que recebe aviões de pequeno porte. É possível fretar táxis aéreos já no aeroporto de Salvador.

Melhor época para ir a Morro de São Paulo

É claro que o verão é, teoricamente, a “melhor época” para ir a Morro de São Paulo. Porém, não é todo mundo que curte aquele calorão, mesmo em locais de praia, não é mesmo? Por isso, a primavera também é uma excelente ideia. Especialmente porque a região conta com a ilustre presença do sol durante todo o ano.

Obviamente, os meses de dezembro e janeiro são de altíssima temporada, assim como logo depois do Carnaval, quando acontece a chamada “ressacada” das festas de Salvador. Entre agosto e outubro é a época de baleias Jubarte na região, o que pode ser um belo atrativo para amantes da natureza.

O que fazer em Morro de São Paulo

1. Curtir as praias de Morro de São Paulo

Morro de São Paulo não é um local recheado de atrações e pontos turísticos. É uma vila com praias excelentes para você relaxar e curtir a vida. São cinco:

Primeira Praia

A primeira é mais escondida e próxima do centro, sem tantos atrativos.

Segunda Praia

A segunda é a principal, com restaurantes, barracas e cadeiras na areia e muitos hotéis perto.

Terceira Praia

A terceira e a quarta são mais tranquilas. A terceira ainda tem alguns restaurantes e hotéis, no entanto, não é um ponto muito de mergulho, pois ficam diversos barcos ancorados para fazer os passeios.

Quarta Praia

Já a quarta é onde estão as piscinas naturais e tem uma tranquilidade que só. Há algumas hospedagens maiores e com um clima mais calmo por lá.

Quinta Praia

A última é a Quinta Praia, ou Praia do Encanto, que assim como a anterior é para quem procura sossego. Após um manguezal, há a sossegada Praia Garapuá que tem piscinas naturais e águas cristalinas. O acesso até ela é somente por uma agência de passeio.

2. Passear pela vila + tirolesa

Mas é claro que tem coisa para fazer além da piscina do hotel e das praias da região. Na vila, você pode ir aos restaurantes, feira de artesanato e conhecer também a Igreja Nossa Senhora da Luz, patrimônio histórico da ilha construído em 1628.

Nessa região, é possível também visitar um Forte, já desativado, onde se pode ter uma bela vista do pôr do sol. Durante o dia, perto do Farol, tem uma outra atração bem interessante: a Tirolesa, que te deixa direto no mar da Primeira Praia.

3. Curtir o pôr do sol

Por falar em pôr do sol, a Toca do Morcego é um bar bem lá em cima do Morro, que tem uma “baladinha” à noite e também oferece excelente vista do Astro Rei no fim da tarde. Outra boa opção para tal é o Hotel Portaló, bem na entrada de Morro.

4. Passeio de volta pela ilha

Passeio Volta pela Ilha de Tinharé (de barco) e um tour para a Ilha de Boipeba, que é separada de Morro por um rio e tem só 20 km de extensão, mas é lindíssima. A primeira parada é nas piscinas naturais de Moreré em Boipeba (dependendo da maré). Na hora do almoço, a agência de passeio para na Praia da Cueira ou Boca da Barra (Boipeba).

Quem gosta de lugares pacatos vai gostar muito da Vila de Boipeba. É possível pagar um guia local para um passeio a pé com duração de 20 minutos. As últimas paradas do dia são no Convento Santo Antônio em Cairu, segundo município mais antigo do Brasil, e no criatório natural de ostras em Canaviera.

5. Trilha ou barco para Praia de Gamboa

Bem pertinho de Morro de São Paulo, na Ilha de Tinharé, uma trilha de 45 minutos leva o vilarejo de Gamboa. Para quem não curte caminhada, há barcos saindo do porto de Morro e a duração é de apenas 15 minutos. Na pequena vila de pescadores, além do mar tranquilo, você pode curtir restaurantes, o paredão de argila e um belíssimo pôr do sol.

Onde ficar em Morro de São Paulo

Tudo depende muito do seu estilo e, claro, do seu bolso. Há muitas pousadas em Morro de São Paulo. Para quem curte tranquilidade, a Quarta Praia e a Terceira Praia têm opções com boa estrutura e muita calmaria.

Para quem pretende ficar “no fervo”, melhor a Segunda Praia, que tem ótimas pousadas. Além disso, a Primeira Praia e a parte central da Vila podem oferecer hotéis em Morro de São Paulo mais em conta. Resumidamente, tem hospedagem para todos os gostos.

Categoria Faixa de preço
Quarto Duplo – Hotel 2 estrelas De R$ 152 a R$ 476
Quarto Duplo – Hotel 3 estrelas De R$ 188 a R$ 732
Quarto Duplo – Hotel 4 estrela  De R$ 898 a R$ 2.008

Para quem deseja algo mais romântico, uma piscina com borda infinita e ótima gastronomia, a Pousada Minha Louca Paixão é uma das mais famosas de Morro, entre a Segunda e a Terceira Praia. O Patachocas, que também bastante conhecido, fica na Quarta Praia – e é uma excelente escolha de resort.

Um dos locais com melhor custo benefício, o hostel Che Lagarto é uma pedida perfeita para os viajantes que querem gastar pouco. Na Segunda Praia, a Bahia Tambor tem boa estrutura, fica ali “no fervo”.

Roteiro Morro de São Paulo

O que fazer em Morro de São Paulo em 3 dias

  • Dia 1: Forte + Tirolesa + Piscinas naturais da Quarta Praia + Curtir a Segunda Praia + Pôr do Sol na Toca do Morcego
  • Dia 2: Passeio de Volta pela Ilha (contempla ida à Ilha Boipeba)
  • Dia 3: Trilha ou barco para a Praia da Gamboa + curtir alguma das praias

Considere este roteiro para 3 dias inteiros. Nesse tempo, você pode ainda passear pela vila de morro, conhecendo as lojinhas e restaurantes.

O que fazer em Morro de São Paulo em 4 dias

  • Dia 1: Forte + Tirolesa + Curtir a Segunda Praia
  • Dia 2: Piscinas naturais da Quarta Praia + Trilha ou barco para a Praia da Gamboa + Por do sol na Toca do Morcego
  • Dia 3: Passeio de Volta pela Ilha (contempla ida à Ilha Boipeba)
  • Dia 4: Passeio para Garapuá com piscinas naturais + Por do Sol no Hotel Portaló

Já neste roteiro de 4 dias em Morro de São Paulo, a dica é tirar um dia para visitar Garapuá. A região fica a 1h da Vila, e agências de passeios levam o turista de carro 4×4.

O que fazer em Morro de São Paulo em 5 dias

  • Dia 1: Escolher uma das praias para curtir o dia + pôr do sol na Toca do Morcego
  • Dia 2:  Piscinas naturais da Quarta Praia + visitar o Forte + tirolesa + passear pela Vila
  • Dia 3: Passeio de Volta pela Ilha (contempla ida à Ilha Boipeba)
  • Dia 4: Passeio para Garapuá com piscinas naturais + pôr do Sol no Hotel Portaló
  • Dia 5: Trilha ou barco para a Praia da Gamboa passando a tarde por lá

Com 5 dias em Morro de São Paulo, você vai ter tempo de sobra para fazer todos os passeios e, quem sabe, até repetir alguma praia que tenha gostado.

Encontre agora mesmo passagens aéreas em oferta para Salvador e planeje sua viagem para Morro de SP 👇

Não encontrou o preço que procurava? Crie agora mesmo um alerta de preços e monitore os preços para Salvador!