Noticias Inspiração Roteiro pela Região Sul do Brasil: cachoeiras, serras, praias e capitais

Todos os artigos

Roteiro pela Região Sul do Brasil: cachoeiras, serras, praias e capitais

A Região Sul do Brasil abriga inúmeras atrações bem diversificadas e que podem ser visitadas de carro em um passeio de 14 a 21 dias. Confira o nosso roteiro e programe-se!

O sul do Brasil está cheio de atrações para todo o tipo de viajante, mas é ainda mais convidativo para aquele que adora pegar a estrada! Confira esse roteiro pelo sul do país e descubra as cachoeiras, as serras, as praias e as cidades que fazem da região um destino incrível.

1. Cataratas do Iguaçu (PR) – 2 dias

Para começar, encontre voos para Foz do Iguaçu a partir de R$ 132

Para iniciar o roteiro, nada melhor que começar por um dos pontos mais turísticos do país: as Cataratas do Iguaçu, em Foz do Iguaçu, Paraná. O conjunto de cachoeiras é formado por mais de 270 quedas, um dos maiores do mundo. Por estar no curso do rio Iguaçu, que divide Brasil e Argentina, possui um lado brasileiro e outro argentino (e é claro que isso gera rixas de qual é o mais bonito!).

Hotéis em Foz do Iguaçu

Seguindo o roteiro por Foz do Iguaçu, no mesmo dia das cachoeiras dá para visitar o Parque das Aves, que faz um belo trabalho de reabilitação e devolução à vida selvagem de muitas espécies. Para o segundo dia, um ótimo passeio é ir na Usina de Itaipu, parando no Templo Budista, ou desbravar as ruas da Ciudad del Este, cidade na fronteira com o Paraguai, a apenas 12 km de Foz.

2. Curitiba (PR) – 2 a 3 dias

De Foz do Iguaçu a Curitiba: voos a partir de R$ 145

Depois de algumas horas na cidade já é possível perceber que o planejamento urbano faz dela diferenciada, assim como seus parques e praças a transformaram na “capital ecológica do Brasil”. O moderno transporte coletivo é também um dos encantos de Curitiba que conquistam os turistas.

Hotéis em Curitiba

Em 72h na capital paranaense dá para conhecer um dos renomados museus da cidade, como o famoso Museu Oscar Niemeyer, visitar o Jardim Botânico, o cartão postal de Curitiba, e se perder por algum dos enormes parques curitibanos. Entre as áreas verdes, há atrações diferenciadas no Bosque do Papa, no Parque das Pedreiras, onde fica a Ópera de Arame, e no Parque Tingui, que hospeda o Memorial Ucraniano.

3. Florianópolis (SC) – 2 a 3 dias

_De Curitiba a Florianópolis: voos a partir de R$ 162. Ou alugue um carro em Curitiba e viaje por 302 km (4h40) – possível parada: Balneário Camboriú (SC)_

A ilha de Florianópolis guarda algumas das praias mais deliciosas do país e percorrê-la de carro é uma das 10 melhores rotas para fazer de carro pelo Brasil. O ideal é ficar, no mínimo, dois dias por lá, um para conhecer o norte da ilha, de praias mais movimentadas e baías calmas, e outro para desbravar o sul, de praias mais sossegadas, geralmente mais baratas e boas para surfar.

Hotéis em Floripa

Floripa também é o ponto da rota que possibilita muita festa. Enquanto no centro há boates que vão do estilo indie ao sertanejo, a praia de Jurerê Internacional, no norte da ilha, possui beach clubs de alto nível e música variada. Quem quer um programa mais zen pode se dirigir à deliciosa Lagoa do Peri, no sul da ilha, enorme área natural de água quente, cercada de verde por todos os lados e, quase sempre, pouco movimento.

4. Serra do Rio do Rastro (SC) – 1 a 2 dias

_De Florianópolis a Lauro Müller: alugue um carro e viaje por 201 km (3h30)_

A Serra do Rio do Rastro é conhecida internacionalmente pelos visuais que mesclam as curvas sinuosas da rodovia – frequentemente considerada uma das estradas mais belas do Brasil – e o intenso verde dos entornos. A via curvilínea é a SC-390 e o seu trecho mais famoso está entre os municípios de Lauro Müller e Bom Jardim da Serra, onde há um mirante.

Skyscanner App

A melhor forma de conhecê-la em nosso roteiro é sair de Florianópolis para o sul pela BR-101, passando pelo belo litoral catarinense. Para adentrar a Serra, pega-se a SC-390 em direção à São Joaquim – muita atenção na estrada, ela é repleta de curvas. O ideal é parar em Lauro Müller para descansar um pouco antes de seguir para o trecho mais famoso da estrada.

5. São Joaquim e Urubici (SC) – 2 a 3 dias

De Lauro Müller a São Joaquim: viaje de carro por mais 69 km (1h30)

Durante o inverno, as temperaturas da pequena São Joaquim estão sempre entre as mais baixas do país, sendo frequente até mesmo neve. O centro se organiza em torno da Igreja Matriz e os campos são compostos por vinícolas.

Assim, sua visita deve proporcionar a contemplação (principalmente se houver neve) e o descanso. Hospede-se em acomodações rústicas e aconchegantes em São Joaquim e o passeie pelas praças silenciosas e lojas de vinho, onde é possível (e imperdível) provar a bebida local.

Hotéis na região de São Joaquim

Já que este roteiro inclui a Serra do Rio do Rastro, a charmosa cidade de Urubici, um dos destinos incríveis e pouco conhecidos no Brasil, ficou um pouco fora do caminho. Mas vale a pena visitá-la em um bate e volta no segundo dia em São Joaquim, já que está a apenas 61 km (1h). Precisa de ânimo para realizar o pequeno desvio? Procure fotos da Pedra Furada e da Cascata do Avencal que elas vão animar você!

Hotéis em Urubici

6. São José dos Ausentes (RS) – 1 a 2 dias

De São Joaquim e São José dos Ausentes: viaje de carro por 74km (1h30) – possível desvio: Cânion do Itaimbezinho

Assim como São Joaquim e Urubici, São José dos Ausentes é uma cidade perfeita para visitar no inverno, pois apresenta temperaturas bem baixas nessa época. Além do frio como atrativo, toda a região é também destaque pelo ecoturismo, e os campos dessa cidade gaúcha de nome engraçado oferecem grande número de atrações, sendo necessário no mínimo dois dias para explorá-los.

_Foto: Odmir Andrade Aguiar_

O Cachoeirão dos Rodrigues é uma robusta cachoeira de 28 metros que pode ser apreciada de cima (caminhada fácil) ou de baixo (trilha de nível médio). Já a Cachoeira do Dez destaca-se pelo visual de vários níveis, o que também possibilita um delicioso banho em seus degraus. Mas os protagonistas do município são o Pico e Cânion do Monte Negro, já que o primeiro é o ponto mais alto do estado e o segundo, logo ao lado, é uma enorme cratera de pedra tomada pelo verde.

Se ficar dois dias, aproveite para conhecer o Cânion do Itaimbezinho, majestoso cenário natural de filmes, novelas e séries de TV, localizado a apenas 63,4km (45min) de Ausentes.

7. Gramado e Canela – 2 a 3 dias

Entre São José dos Ausentes e Gramado/Canela: viaje de carro mais 165 km (3h) – possível parada: São Francisco de Paula

A Serra Gaúcha possui diversas cidades cheias de charme, mas Gramado e Canela (distante apenas 8km) são as mais conhecidas e com o maior número de atrativos. Enquanto a primeira é um enorme polo do turismo nacional, com atrações temáticas e até um parque de neve indoor, a segunda capta viajantes pelas atrações ligadas à natureza, como o Parque e Cascata do Caracol e o Alpen Park.

Encontre hotéis aconchegantes na Região das Hortênsias

Programe no mínimo dois dias para as duas cidades, não só pela quantidade de atrações, mas também pela possibilidade de desfrutar ao máximo da gastronomia que se tornou ponto turístico. São tantas opções que vão dos tradicionais fondues e cafés coloniais, até pâtisseries francesas e restaurantes asiáticos, que seu estômago vai pedir para ficar mais na região — encontre um hotel ou pousada para relaxar na Serra Gaúcha e tenha uma noite de sono tranquila!

De Gramado a Porto Alegre, via Nova Petrópolis (onde você pode parar para comprar malhas por preços bem acessíveis), o trecho é conhecido como Rota Romântica, uma das 10 melhores rotas para percorrer de carro pelo Brasil.

8. Porto Alegre – 2 a 3 dias

De Gramado/Canela a Porto Alegre: viaje de carro mais 103 km (2h) – possível parada: Nova Petrópolis, Dois Irmãos e Três Coroas (onde há um dos principais templos budistas do país)

Chegamos ao ponto final da nossa rota, a capital gaúcha, e aqui estão reservados arte, gastronomia e passeios urbanos! Descubra onde comer em Porto Alegre: cafés, bares e restaurantes – escolha o que melhor se adapta ao seu gosto e bolso. Para relaxar depois da comilança, nada melhor que optar por um dos diversos parques da cidade, como o Farroupilha, mais conhecido como Redenção, o Moinhos de Vento e o Marinha do Brasil.

Onde ficar em Porto Alegre

Não sabe o que fazer em Porto Alegre? Se no centro dá para visitar os museus Santander Cultural, MARGS (Museu de Arte do Rio Grande do Sul) e a Casa de Cultura Mario Quintana, todos em belos prédios antigos, na zona sul a Fundação Iberê Camargo oferece coleção permanente do famoso pintor expressionista gaúcho em um prédio modernista que rendeu prêmios ao arquiteto português Álvaro Siza Vieira.

E ainda bairros tradicionais, como Bom Fim, Cidade Baixa e Moinhos de Vento, agradáveis e arborizados. Quer ver um pouco de tudo? Considere pegar o eficiente ônibus turístico de 2 andares, com duas rotas diferentes.

Busque agora mesmo as passagens aéreas mais baratas para qualquer destino brasileiro!

Mapa

Veja mais roteiros de carro:

Vale dos Vinhedos: dicas sobre o que fazer e roteiros para explorar a rota do vinho

De carro entre Brasil, Uruguai e Argentina – um roteiro fascinante

Roteiro de carro para percorrer as cidades históricas de MG

Inscreva-se na newsletter Skyscanner

Mapa