Noticias Dicas Quanto custa viajar para o campeonato mundial do Catar?

Todos os artigos

Quanto custa viajar para o campeonato mundial do Catar?

“Mas já?” Sim! O quanto antes você se organizar, mais você economiza! Anote as nossas dicas e confira os possíveis gastos que você terá ao viajar para o Catar em 2022. Descubra quanto custa ir para o grande campeonato no Catar!

No último domingo, o mundo celebrou a final da Copa da Rússia. Para quem ama futebol ou até mesmo para os torcedores de momento, fica o sentimento de saudades. E para nós do Skyscanner, a contagem regressiva para o próximo mundial já começou!

Com a ajuda do Econoweek, fizemos um levantamento para saber quanto você deve economizar para conhecer o país sede da Copa 2022 e curtir os jogos. Sabe o que descobrimos? Economizando menos de R$ 10 por dia, você consegue juntar um montante suficiente a próxima Copa, que acontecerá entre 21 de novembro a 18 de dezembro de 2022.

E mais: analisamos os gastos de três diferentes perfis de viajantes: Mochilão, Médio-Conforto e Torcedor Fanático.

E aí, vamos para o Catar?

Como economizar para viajar para o Catar?

Não podemos ignorar que o Catar é país relativamente caro para os brasileiros, especialmente em função do alto preço das passagens aéreas e acomodação. Por isso, é muito importante ter consciência de seus gastos e de quanto você quer economizar para acompanhar de perto a primeira Copa do Mundo no Oriente Médio.

Segundo o Econoweek, se você guardar R$ 10 por dia (R$ 300 reais por mês) e aplicar mensalmente, ao final de 4 anos você terá economizado mais de R$ 6.900 a partir da rentabilidade líquida da caderneta de poupança. Caso opte por uma economia maior, em torno de R$ 550 por mês, o valor ultrapassa a quantia de R$ 29.000.

A partir desses valores, segundo pesquisa no site Skyscanner, é possível comprar um voo direto para Doha, capital do Qatar, se hospedar em bons hotéis, fazer duas refeições completas por dia, se locomover de táxi pela cidade, além de assistir aos jogos do mundial.

Qual moeda levar ao Catar?

A cotação do riel catariano é quase um para um com o real:  1 BRL = 0,95 QAR. No comércio são aceitos tanto riels catarianos quanto dólares, porém o troco costuma ser devolvido na moeda local, geralmente com uma cotação desfavorável.

Mesmo assim, a dica para trocar dinheiro para viajar para o Catar é levar dólares. A moeda norte-americana é mais forte e está muito mais disponível no Brasil, ao contrário na moeda catariana.

Visto para entrar no Catar

Segundo o Ministério do Interior do Catar, o viajante brasileiro tem direito a ficar no país por até 30 dias sem pagar pelo Visto. A única exigência é levar o passaporte com validade de no mínimo seis meses e ter um comprovante de entrada e saída do país, no caso, as passagens aéreas.

Passagens aéreas para o Catar

Calma, pois ainda não é possível reservar um voo para 2022! Mas temos a média de preços para ajudar você a fazer o orçamento completo da sua viagem para o campeonato no Catar.

Um voo de ida e volta de São Paulo para Doha com escalas ou conexão, pode custar cerca de R$ 4.250. Para o mesmo trecho, um voo com menos horas de duração ou direto custaria a partir de R$ 6.850.

Transporte dentro do Catar

Entre os países que já organizaram o evento, o Catar é o menor deles, com apenas 11.437 km² – nada perto dos 17.075.400 km² da Rússia, país da Copa 2018, o maior país a sediar o campeonato.

Segundo a organização, o ponto positivo de ser um país menor, é que os torcedores não precisarão percorrer longas distâncias entre um jogo e outro, podendo assistir até duas partidas no mesmo dia. A menor distância entre os estádios é de 4,5 km, e a maior é de 55 km, trajeto que pode ser facilmente percorrido de metrô, de carro ou de Uber.

O transporte público ainda está em desenvolvimento no país, mas o site preciosmundi.com indica que o passe mensal de transporte público custa QR 101, aproximadamente R$ 106, e o unitário custa QR 5, ou seja, R$ 5,20.

Alimentação no Catar

Com sabores que remetem não apenas à culinária árabe, a gastronomia catariana também tem um quê de indiana e libanesa. O islamismo é a religião predominante e oficial do Catar, portanto, alguns alimentos e bebidas são riscados dos cardápios e dos supermercados, como carne de porco e bebidas alcoólicas.

Mas não se preocupe: estrangeiros têm direito a consumir, desde que dentro de estabelecimentos autorizados, especialmente nos hotéis.

Para acolher tantos torcedores vindos dos mais diversos países do mundo, o projeto para a Copa 2022 prevê a construção de mais shoppings e áreas de alimentação com comidas típicas ocidentais.

Segundo o preciosmundi.com, a comida em um restaurante barato custa em torno de QR 25 (R$ 26,40) e um almoço para duas pessoas em um restaurante, com dois pratos principais e sobremesa, custa QR 151 (R$ 158,80). A água, item indispensável no meio do deserto, tem pelo menos um preço razoável: a garrafinha de 330 ml custa aproximadamente QR 1,17 (R$ 1,80).

Onde ficar no Catar

A dica é se hospedar na capital, Doha, onde há mais hotéis e a variedade é maior. Você pode escolher onde ficar em Doha entre diversos bairros, dependendo do interesse e orçamento: na valorizada região de Souq Waqif, o mercado central; no Corniche, calçadão à beira-mar bem próximo ao Museu de Arte Islâmica; no badalado bairro de West Bay ou na Área Diplomática, localizados no centro comercial e financeiro do Qatar; e ainda na ilha artificial The Pearl-Qatar (A Pérola), local moderno, porém distante das principais atrações.

No Catar, é mais difícil encontrar hostels ou outros tipos mais econômicos de hospedagem, mas considere gastar em média R$ 139 em uma diária em hotéis 2 ou 3 estrelas, e a partir de R$ 250 em hotéis 4 estrelas. Apesar da quantidade de hotéis, o Airbnb também é uma boa opção – às vezes até mais barata – e a abrangência do site deve aumentar consideravelmente até a Copa 2022.

Ingressos para os jogos da Copa do Mundo 2022

Os valores dos ingressos e os pontos de venda ainda não foram divulgados. Para os nossos cálculos, consideramos os valores praticados na Copa da Rússia 2018.

O que fazer no Catar: atrações em Doha e passeios pelo país

Muito rico graças às suas reservas de petróleo e gás, o Catar é um país pequeno, com apenas 11.437 km², área equivalente a menos da metade do estado de Alagoas. Com 12 cidades e cerca de 2,57 milhões de habitantes, o país tem como referência a capital Doha, cidade mais populosa e principal centro econômico, financeiro e cultural do país.

Geralmente as agências de turismo organizam pacotes para outros destinos do Oriente Médio além do Catar, pois são poucas as atrações encontradas no país. Os roteiros mais comuns costumam incluir os Emirados Árabes.

Souq Waqif, em Doha: Independentemente de qual país você está, passeie pelo mercado central e você conhecerá a cidade como ninguém! Em Doha não é diferente: o Souq Waqif é o coração da capital catariana.

Apesar da modernização, o mercado manteve suas características originais e continua sendo um ótimo local para compras, onde você encontra artesanatos, joias, roupas, frutas, temperos, além de ótimos restaurantes e hotéis.

The Corniche, em Doha:O calçadão de Doha garante um passeio gratuito e perfeito para um final de tarde. Contemple o mar de águas claras e os prédios enormes no horizonte.

Museu de Arte Islâmica, em Doha: Localizado em uma ilhota artificial, o Museu de Arte Islâmica é considerado o principal deste tema no mundo e conta com peças de diversos países em seu acervo. Só o edifício em estilo cubista já vale a visita. Dicas: a exposição permanente é gratuita e a vista de Doha a partir do museu rende boas fotos.

Foto: Shahin Olakara

Grande Mesquita, em Doha: Gigantesca, a Grande Mesquita de Doha pode receber até 11 mil fiéis na mesma celebração. A arquitetura é um misto de árabe e moderna, e o interior do prédio é fascinante.

No dia da visitação, cuide para estar vestido conforme as regras do local, com pernas, braços e cabeça cobertos. Mulheres podem entrar desde que com os trajes recomendados, mas não têm acesso à área principal da mesquita.

Katara Cultural Village, em Doha: Uma aldeia ou vila cultural, como já diz o nome. Na Katara você encontra um amplo espaço com atividades culturais, galerias, mesquitas, restaurantes e lojas. Destaca-se o imponente anfiteatro feito em mármore e a bela vista da cidade. Imperdível.

Villagio Mal, em Doha: Saiba que Doha é uma cidade com muitos shoppings, alguns dos ambientes climatizados mais buscados por moradores e turistas para escapar do calor.

O destaque vai para o Villagio Mall, um shopping construído como uma réplica de Veneza, com canais e gôndolas disponíveis para passeio (custa em torno de R$ 20). O curioso é que poucos visitam o local para compras especificamente, pois o shopping já virou atração turística.

The Pearl (A Pérola), em Doha:Ilha artificial que adentra o Golfo Pérsico, “A Pérola” chama atenção por seus luxuosos prédios, hotéis 5 estrelas e restaurantes renomados. E falando em Veneza, há um local na ilha artificial também inspirado na cidade italiana: o Qanat Quartier. O bairro colorido mais parece uma cidade cenográfica. No mínimo curioso.

Passeio pelos Desertos do Catar: Tão diversos quanto os desertos catarianos são os passeios que você pode fazer neles. É possível organizar expedições pelo deserto e desbravar essa imensidão de areia com veículos 4×4 – o passeio de um dia custa a partir de R$ 250.

Sealine Beach:A Sealine é uma praia de águas cristalinas aos pés de dunas gigantescas. Muito procurada para viajantes que querem relaxar ou fazer passeios mais radicais nas dunas.

Sítios arqueológicos no Catar: Há diversos passeios a sítios arqueológicos que você pode tentar encaixar em uma daytrip. O primeiro deles é o Al Zubarah, um sítio arqueológico a 105 km de Doha, como ruínas bem conservadas de uma cidade fortificada que data do século 18.

Já em Al-Ruwais, uma pequena e serena cidade de pescadores, você pode visitar o Al Jassasya, um sítio arqueológico com impressionantes inscrições rupestres do tempo neolítico.

Qual o seu perfil de viajante?

Veja quanto você gastaria no campeonato de futebol do Catar de acordo com o seu perfil de viagem:

Perfil Mochilão – período de 7 dias de viagem

Valor a ser investido mensalmente: R$ 130

Valor final acumulado após 4 anos: R$ 6,947.81

Rentabilidade líquida: 0,45% ao mês (caderneta de poupança)

Segundo nossas pesquisas, a partir do investimento, o viajante mochileiro poderá se hospedar em hotel duas estrelas mais barato na cidade de Doha (aproximadamente R$ 1.105) e comprar passagem aérea ida e volta de São Paulo para Doha com escalas ou conexão (aproximadamente R$ 4.250).

Está incluído também fazer duas refeições simples por dia (aproximadamente R$ 210), usar bilhete de transporte público para assistir três jogos na cidade de Doha (aproximadamente R$ 40) e comprar três ingressos para jogos na primeira semana da Copa (aproximadamente R$ 1.240).

Além de poupar com as passagens aéreas, há várias maneiras de diminuir os gastos em uma viagem. E viajar com orçamento limitado também tem seu lado bom. Além dos programas e lugares diferentes, uma viagem mais simples possibilita a experiência de conhecer o que um hotel de luxo não traria.

Perfil Médio-Conforto – período 15 dias de viagem

Valor a ser investido mensalmente: R$ 300

Valor final acumulado após 4 anos: R$ 16,033.41

Rentabilidade líquida: 0,45% ao mês (caderneta de poupança)

A partir do investimento, o viajante médio conforto poderá se hospedar em hotel três estrelas no centro da cidade de Doha (aproximadamente R$ 2.525) e comprar passagem aérea ida e volta de São Paulo para Doha com escalas ou conexão (aproximadamente R$ 6.790).

Dentro desse o valor também está incluído fazer duas refeições completas com bebida não alcoólica por dia (aproximadamente R$ 2.565), contratar transfer de táxi aeroporto/hotel/aeroporto (aproximadamente R$ 88), usar bilhete de transporte público para assistir cinco jogos na cidade de Doha (aproximadamente R$ 109) e comprar cinco ingressos para jogos na primeira quinzena da Copa (aproximadamente R$2.950).

Perfil Torcedor Fanático – período de 30 dias de viagem

Valor a ser investido mensalmente: R$ 550

Valor final acumulado após 4 anos: R$ 29.526,86

Rentabilidade líquida: 0,45% ao mês (caderneta de poupança)

Já o torcedor fanático, a partir do investimento, poderá se hospedar em hotel 4 estrelas na cidade de Doha pelo período de um mês (aproximadamente R$ 7.450) e comprar passagem aérea ida e volta de São Paulo para Doha direto (aproximadamente R$ 6.850).

Além disso, fazer duas refeições completas com bebida alcoólica por dia (aproximadamente R$1.575), andar de táxi pela cidade, incluindo transfer do aeroporto/hotel/aeroporto + ida e volta do hotel para sete jogos em Doha (aproximadamente R$ 710) e comprar sete ingressos, incluindo para semi-final e final (aproximadamente R$ 8.000).

Dicas importantes para economizar dinheiro para viajar

– Já separe a quantia antes dos outros gastos. Não espere o fim do mês para ver quanto sobra para não cair em tentação de gastar o dinheiro;

– Troque algumas idas a restaurantes durante a semana e lanchinhos da tarde por marmita e petiscos levados de casa;

– Use mais transporte público ao invés de aplicativos de transporte e táxi;

– Pesquise a passagem aérea em diferentes datas (alguns dias antes e depois do planejado) para ver se o preço muda;

Crie alertas de preço para acompanhar mudanças nos preços das passagens aéreas;

– Reserve um fim de semana por mês para não gastar nada e ficar em casa ou visitar amigos;

– Adote listas para sair às compras e evitar adquirir itens desnecessários;

– Divida suas despesas entre básicas (mercado, aluguel, transporte), investimentos e comportamento (viagens, academia, TV paga, etc). O básico deve corresponder a mais ou menos 50% da sua renda, os investimentos a pelo menos 15% e o restante – 35% – deve ir para gastos de estilo de vida. Se os gastos básicos ou de comportamento estiverem ocupando uma fatia maior, você já sabe onde deve começar os cortes.

E então, que tal conferir os preços de passagens aéreas agora mesmo?

*Cotação Dólar turismo = 4,02.

**Fontes: Pesquisas de valores de voos e hotéis realizadas no site do Skyscanner no dia 20 de julho de 2018. Preços de refeições e transporte pesquisados no site preciosmundi.com. Preços dos ingressos para os jogos com base nos valores da Copa da Rússia 2018. Informações sobre o Catar e a Copa do Mundo 2022 pesquisados nos sites Visit Qatar, Viajo Logo Existo e Chuteira F.C..