O Covid-19 (coronavírus) pode afetar seus planos de viagem. Seja qual for seu destino, veja aqui as últimas recomendações.

Noticias Inspiração Museus para visitar em São Paulo

Todos os artigos

Museus para visitar em São Paulo

Se você vai passar uns dias em São Paulo, visitar seus principais museus é a melhor forma de descobrir tudo o que a cidade tem a oferecer. Veja as sugestões e prepare um roteiro especial para visitar a cidade!

Baixe nosso app de viagem, é gratuito!

São Paulo tem um dos maiores acervos culturais da América Latina. As coleções se espelham em dezenas de museus, onde a qualidade caminha ao lado da variedade, com peças que passam por diferentes períodos da Arte e com objetos curiosos que retratam o comportamento de todas as épocas. Confira as sugestões que separamos para você!

Pinacoteca do Estado de São Paulo

A Pinacoteca do Estado de São Paulo, ao lado da Estação da Luz (trem e metrô), é um dos mais importantes museus de arte do Brasil. Ocupa um edifício construído em 1900 e é o museu de arte mais antigo da cidade.

Foto: Divulgação

Integrado ao circuito internacional de exposições, promove diversos eventos culturais e mostras dos mais importantes artistas internacionais. Também abriga um dos maiores e mais representativos acervos de arte brasileira, com quase dez mil peças dos séculos 19 e 20.

Ao final do passeio, não deixe de tomar um café para recuperar as energias em uma pausa mais que encantadora na cafeteria da pinacoteca. O Flor Café fica em frente ao Jardim da Luz, um dos espaços mais antigos de São Paulo. Caso a sua visita seja feita de manhã, vale a pena almoçar por ali também.

Ao lado da Estação da Luz, também está o prédio do Museu da Língua Portuguesa, fechado hoje em dia para reconstrução, pois foi atingido por um incêndio de grandes proporções em 2015.

Museu de Arte Contemporânea – MAC

O Museu de Arte Contemporânea da USP (Universidade de São Paulo) tem um acervo com cerca de oito mil obras de artistas do século 20, como Picasso, Miró, Kandinsky, Henry Moore e Antonio Dias.

Foto: Divulgação

Projetado por Oscar Niemeyer fica dentro do Parque Ibirapuera, um dos maiores e mais bonitos da capital paulistana. O museu também abriga diferentes eventos e exposições de São Paulo e é um dos principais polos artísticos da cidade.

Museu de Arte Moderna – MAM

Também dentro do Ibirapuera, o MAM é dono de um acervo com cerca de cinco mil obras, de Anita Malfatti a Di Cavalcanti e muitos outros artistas. E ali, outros espaços podem fazer parte do seu passeio. É o caso das suas galerias, ateliês, biblioteca, auditório e de uma loja onde são vendidas réplicas das peças do museu.

Foto: Divulgação

O restaurante com vista para o jardim das esculturas também faz parte do complexo de arte e é a opção perfeita para o seu café ou almoço. A refeição só vai depender do seu horário de visita. O mais importante é aproveitar a oportunidade para um descanso e matar a fome ali mesmo.

Museu Brasileiro da Escultura – MUBE

O MUBE mantem exposições permanentes de esculturas em grande parte em seu espaço externo. No subsolo, sempre há mostras temporárias de diversas expressões artísticas que não se limitam à escultura. Em seu auditório são realizadas apresentações artísticas imperdíveis para quem curte este tipo de programa cultural.

Localizado na Avenida Europa, fica próximo a outro museu importante de São Paulo, o MIS.

Foto: Divulgação

Museu da Imagem e do Som – MIS

O MIS é um dos espaços mais inovadores da cidade quando o assunto é exposições. Sempre surpreende com a variedade e a criatividade dos temas que ganham vida em seu interior.

Foto: Divulgação

Criado com a filosofia de registrar e preservar a imagem e o som do passado e do presente para formar um painel da vida brasileira no aspecto humano, social e cultural, conta com mais de 200 itens em mídia audiovisual e sua programação é bastante diversificada, agradando a todos os gostos.

Museu do Futebol

O museu do futebol conta a história do esporte mais amado pelos brasileiros e tem espaço cativo no Estádio do Pacaembu.

Foto: Divulgação

Muitas curiosidades, vídeos e fotos de personagens, gols e jogadas que marcaram épocas fazem dele um dos museus mais tecnológicos da cidade, além de ser muito interativo.

Durante a visita, você pode até treinar um chute virtual e experimentar a vibração de um estádio repleto ao som de uma torcida apaixonada.

Catavento Cultural e Educacional

O Catavento é um dos espaços culturais mais visitados de São Paulo. Ele abriga o acervo do Museu de Tecnologia, com objetos de pequeno e grande porte, como o avião DC-3, utilizado na Segunda Guerra Mundial.

Foto: Divulgação

São 4 mil metros quadrados divididos em quatro instalações: Universo, Vida, Engenho e Sociedade. Todos os ambientes são interativos por meio de jogos eletrônicos, filmes em 3D e exposições.

Ali, você tem a chance única de tocar um meteorito de verdade e encontrar Gandhi em uma escalada, além de participar de várias outras atividades interativas.

Museu de Arte de São Paulo – MASP

O Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand abriga uma coleção que é considerada a mais importante do Hemisfério Sul. Renoir, Rembrandt, Botticelli, Velásquez, Ticiano, Degas e Manet fazem parte deste acervo.

Foto: Divulgação

Muito ativo, há exposições temáticas permanentes muito interessantes. Projetado pela arquiteta Lina Bo Bardi, é um dos mais famosos cartões postais da capital paulista e o vão livre do prédio, com mais de 70 metros de comprimento, um dos maiores do mundo.

Neste espaço, aos domingos, é realizada uma feira de antiguidades repleta de artigos para todos os gostos e bolsos, imperdível para quem estiver passando um final de semana em São Paulo.

Museu da Imigração

O Museu da Imigração do Estado de São Paulo funciona onde foi fundada a Hospedaria de Imigrantes no século XIX. Era lá que chegavam todos os imigrantes, depois encaminhados para as frentes de trabalho criadas pelo governo brasileiro.

Foto: Divulgação

Ao longo de seus mais de 90 anos de atividade, a Hospedaria recebeu cerca de 2,5 milhões de pessoas de mais de 70 nacionalidades. Graças ao museu, as histórias desses trabalhadores continuam vivas, preservadas em depoimentos, fotos, documentos e jornais que compõem seu acervo.

O espaço conta com diversas atrações, inclusive um passeio de Maria Fumaça, o trem que trazia os imigrantes do Porto de Santos até a Hospedaria. Quem tiver interesse pode pesquisar sobre um parente imigrante por meio de computadores disponibilizados para isso e ter acesso a informações sobre a data de sua chegada, qual navio o trouxe e com quem viajou.

Museu da Pessoa

O Museu da Pessoa é um museu bastante diferente. Virtual e colaborativo, tem como objetivo registrar, preservar e transformar em informação, histórias de vida de toda e qualquer pessoa da sociedade.

Foto: Divulgação

Um projeto que já conquistou cerca de 20 prêmios nacionais e internacionais. No Museu da Pessoa, você terá a chance, além de conhecer seu acervo, de fazer parte dele ao registrar a história de sua vida.

Assim como também pode ser um curador, criando suas próprias coleções de histórias, imagens e vídeos. Todas as quintas-feiras o estúdio fica aberto para ouvir uma nova história.

Memorial da América Latina

Projetado por Oscar Niemeyer, o Memorial da América Latina é mais que um museu. É um lugar marcado pelas intensas manifestações culturais e, por isso, pode ser definido como um imenso palco livre. Sua missão é estreitar as relações políticas, sociais, econômicas e culturais entre os povos latino-americanos e, desde 1989, vem cumprindo essa tarefa.

Foto:Wikimapa

São diversos espaços dedicados a esta finalidade. Salas de exposição, biblioteca, praças, auditórios e galerias estão sempre à espera do público, garantindo-lhes uma experiência inesquecível, carregada de arte e cultura.

Museu Afro Brasil

Ao visitar o Parque do Ibirapuera, os turistas se deparam com um grande número de possibilidades turísticas. Uma delas é o Museu Afro Brasil, também conhecido como MAB.

Foto: Marina Guerra

O acervo é formado por pinturas, esculturas, gravuras, fotografias, documentos e peças etnológicas. Ao todo, são 6 mil obras criadas por artistas brasileiros e estrangeiros, destacando sempre os aspectos da riqueza cultural africana e afro-brasileira.

A programação é movimentada por exposições permanentes e temporárias, promovendo ainda ações educativas e espetáculos no palco do Teatro Ruth de Souza.

Quer mais dicas sobre São Paulo? Não deixe de conferir os artigos abaixo!

Guia São Paulo: roteiros e dicas para conhecer a cidade

O que fazer no Centro Antigo de São Paulo

Busque agora mesmo as passagens aéreas mais baratas para qualquer destino!