Noticias Inspiração Férias de Julho 2019: Melhores praias do Nordeste

Todos os artigos

Férias de Julho 2019: Melhores praias do Nordeste

O Nordeste dá praia o ano inteiro? Dá, sim senhor! Veja agora sugestões de lugares quentes para viajar em julho no Brasil!

Mapa

Nas férias de julho, enquanto o Sul do Brasil é marcado por dias de frio intenso, o Nordeste continua a ser a região do calor – e de praias durante o ano todo. No entanto, julho é mês de chuvas em alguns estados da região, como Alagoas, Pernambuco, Paraíba e Rio Grande do Norte, e sempre existe o risco de que uma ou outra precipitação aconteça no meio do dia.

Assim, pode ser mais indicado voltar-se para estados onde o índice pluviométrico esteja mais favorável ao turismo, caso do sul da Bahia, do Ceará, do Piauí e do Maranhão. Confira os destinos do Nordeste mais indicados para as suas férias!

1. Arraial D’Ajuda – BA

Separada de Porto Seguro pelo Rio Buranhém, Arraial D’Ajuda é um simpático e popular vilarejo. Tem praias boas para banho e de fácil acesso, como Mucugê e Pitinga, outras um pouco mais distantes e selvagens, como Taípe, um parque aquático quase na beira-mar, o Arraial d’Ajuda Eco Parque, e até a “rua mais charmosa do Brasil”, como se intitula a Rua do Mucugê, via onde se concentram as lojas de artesanato, os restaurantes e as baladas da cidade.

Encontre o melhor hotel pra você em Arraial, basta clicar na foto!
Praia do Espelho | Foto de Gabriel Castaldini

Busque passagens para Porto Seguro

Arraial D’Ajuda pertence à chamada Costa do Descobrimento, porção do extremo sul do litoral da Bahia e que ganhou esse nome por ter sido o local onde, em 1500, Cabral aportou. A maior vantagem de uma viagem para cá é tomar a localidade como base para explorar sem grandes dificuldades as praias de vilarejos próximos.

Ao sul do Arraial estão Trancoso, Espelho e Caraíva, e, ao norte, Cabrália e Santo André. De uma ponta a outra são menos de 90 Km e, alugando um carro em Porto Seguro, entre 7 e 10 dias de férias são suficientes para conhecer os destaques da região.

2. Fernando de Noronha – PE

Sonho de consumo de quase todo turista brasileiro, Fernando de Noronha é uma amostra do paraíso na Terra. Nesse pequeno arquipélago de apenas 26 km², onde apenas 700 visitantes por noite são permitidos, cada época do ano apresenta vantagens diferentes.

Saiba onde ficar em Fernando de Noronha, encontre hotéis clicando na foto!
Busque passagens aéreas para Fernando de Noronha, clicando na foto!

Busque hotéis em Noronha

Se a primavera é época do mergulho e o verão do surf, o outono e parte do inverno são os períodos das chuvas. Como julho é o último mês de precipitação, as pequenas trombas d’água não devem estragar seus planos.

As duas praias mais famosas de Noronha são a Praia do Sancho, considerada a mais bonita do Brasil (e uma das mais bonitas do mundo!), e a Baía dos Porcos, de onde se avista os Dois Irmãos, verdadeiro símbolo de Noronha. Para ver esse impressionante par de morros mais de perto, a pedida é a Praia Cacimba do Padre, logo ao lado.

Outros destaques de Noronha são a Praia da Conceição, marcada pelo Morro do Pico, outro cartão-postal do arquipélago, e a Praia de Sueste, onde acontece a captura de tartarugas marinhas, ação promovida pelo Projeto Tamar.

As águas são cristalinas e, assim, em praticamente qualquer uma das praias é possível avistar parte da fauna marinha apenas com equipamento de snorkel. No caso de você nunca ter feito mergulho de cilindro, não existe lugar melhor para a estreia do que aqui – as agências oferecem um mergulho de batismo de até 12 metros de profundidade.

3. Jericoacoara – CE

Figura recorrente na lista dos destinos mais bonitos do Brasil, Jericoacoara, ou Jeri, para os íntimos, atrai muita gente o ano todo em virtude da combinação entre belas praias, ares rústicos e agitada vida noturna.

Clicando na foto você encontra as melhores ofertas de hotéis em Jericoacoara!
Jericoacoara | Foto de Pexels

Busque hotéis em Jericoacoara

Mas chegar até esse pedaço de paraíso não é tão fácil. Partindo da capital, Fortaleza, são cerca de 300 km, porém, o que dificulta o acesso não é a distância em si, mas sim o trecho final, cerca de 25 km cruzando terra e areia num veículo 4×4.

Indicadas para a prática de esportes aquáticos, como kitesurf e windsurf, as praias que banham a vila de Jeri são agradáveis, mas não são as mais bonitas da região. Aquela imagem de areia branca, água transparente e redes dentro d’água que todos imaginam ao pensar em Jericoacoara são, na verdade, praias de água doce – as chamadas Lagoas de Jijoca, dividas entre Lagoa Azul e Lagoa do Paraíso.

Outro programa imperdível em Jericoacoara é apreciar o cair da tarde do alto da Duna do Pôr do Sol. No entanto, quem visita Jeri em julho ainda tem o privilégio de contemplar o entardecer de outro ponto conhecidíssimo da vila: a Pedra Furada. É somente durante esse mês que, ao se pôr, o sol se encaixa perfeitamente na fenda da formação rochosa.

4. Delta do Parnaíba e Barra Grande – PI

Sem uma rápida consulta ao mapa do Brasil, muita gente talvez não se dê conta que o Piauí também tem saída para o mar. Em seus menos de 70 Km estão algumas belezas fascinantes e ainda um tanto desconhecidas, como Delta do Parnaíba e Barra Grande.

Clicando na foto você encontra hotéis em Barra Grande!
Delta do Parnaíba | Foto de Ana Raquel S. Hernandes

Chamado de Delta das Américas, o Delta do Parnaíba é formado por diferentes braços do rio Parnaíba, que serpenteiam por mais de 70 pequenas ilhas e desembocam no mar. Para conhecê-lo melhor, trilhas, passeios de barco ou de buggy são opções mais indicadas. Em qualquer modalidade, a contemplação da fauna e da flora e os banhos de água doce estão garantidos.

Quem procura uma praia para curtir sombra e água fresca, encontra essa tranquilidade toda em Barra Grande, pertencente ao município de Cajueiro da Praia, a 70 km de Parnaíba.

Em razão dos bons ventos, o vilarejo é reduto dos praticantes do kitesurf, mas também é convidativo para quem quer apenas relaxar na areia, para mergulhar nas piscinas naturais que surgem durante a maré baixa e para apreciar cavalos-marinhos em passeios pelos manguezais do entorno.

5. Lençóis Maranhenses – MA

Uma área repleta de imensas dunas a perder de vista já seria atraente o suficiente. Na verdade, é exatamente assim que os Lençóis Maranhenses se apresentam aos que os visitam na temporada da seca, entre outubro e março.

Para encontrar hotéis em Barreirinhas, basta clicar na foto!
Lençóis Maranhenses | Foto de Heris Luiz Cordeiro Rocha

Busque passagens para São Luís

No entanto, o cenário se torna ainda mais espetacular entre julho e setembro, após o período das chuvas, quando lagoas de diferentes e incríveis tonalidades surgem em meio à paisagem de aparência desértica.

Para desfrutar das atrações da região, a cidade-base é Barreirinhas, a 12 km do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses. As lagoas mais visitadas dos Lençóis são a Lagoa Bonita e a Lagoa Azul, dois espelhos d’água convidativos para banhar-se e para apreciar o pôr do sol. A Lagoa da Esperança, por sua vez, é a única que não seca e tem dunas de um lado e mangue do outro.

Outro belo atrativo da região é o passeio de barco pelo Rio Preguiças, que inicia no mangue, passa por três vilarejos e termina nas praias formadas no encontro entre rio e mar. Na alta temporada, quem opta por permanecer aqui mais alguns dias consegue encontrar com mais facilidade passeios para lagoas menos conhecidas, como Lagoa das Gaivotas e Lagoa de Betânia, a partir do vilarejo de Santo Amaro, e Lagoa Verde e Lagoa Tropical, a partir do vilarejo de Atins.

Veja outros textos abaixo sobre o Nordeste e inspire-se!

3 ideias de rotas para viajar de carro pelo Nordeste

Conheça a Rota das Emoções no Nordeste

Destinos baratos no Nordeste

Busque passagens aéreas em promoção hoje mesmo 👇

Com o Skyscanner, você encontra as melhores tarifas, basta usar nossas melhores ferramentas! Comece com uma busca para qualquer lugar, no mês mais barato e descubra o destino da sua próxima viagem.

Não se esqueça que com o nosso alerta de passagens, você pode monitorar as ofertas até encontrar um desconto. Por que não aproveitar agora?

Mapa