Noticias Inspiração Brasília: os parques que são pontos turísticos

Todos os artigos

Brasília: os parques que são pontos turísticos

A capital do Brasil está de aniversário, mas quem ganha presente é você: descubra incríveis parques para visitar em Brasília!

Muito além dos traçados do Niemeyer e do bafafá cotidiano da política nacional, há uma Brasília ainda desconhecida de muita gente, que raramente aparece no noticiário! Você sabia que a Capital Federal é considerada a cidade com maior área verde por habitante do Brasil?

Com cerca de 900 mil árvores frutíferas em área pública, daquelas que se pode catar o fruto do pé, Brasília possui nada menos do que 72 parques ecológicos distribuídos ao longo de todo seu território.

Parques ricos em fauna e flora nativa do Cerrado, com trilhas para a caminhadas ecológicas, espaços para a prática de esportes, áreas destinadas à educação ambiental, eventos culturais para todos os gostos, dentre outras atrações. Tudo isso, claro, guarnecido pelas belezas singulares da nossa “savana brasileira”.

Reunimos aqui uma seleção dos mais belos parques candangos. Tome nota e vá conferir!

Passagens aéreas Skyscanner

Parque da Cidade – Sarah Kubitschek

Com 4,2 km², o Parque da Cidade tem a mais extensa área de lazer ao ar livre de Brasília e é o maior parque urbano do mundo.

Foto: Tony Winston/Agência Brasília

Aberto todos os dias, com uma localização bem central, entrada franca e de fácil acesso, o Parque da Cidade é o tradicional recanto dos brasilienses para bater perna ou relaxar sob uma sombrinha. Por isso, é bastante badalado, inclusive nos dias de semana. Até “Eduardo e Mônica” já se encontraram por lá. Lembra? Ela de moto, ele de camelo…

Fundado em 11 de outubro 1978, o “pulmão de Brasília” possui pistas para caminhada, ciclovia, kartódromo, anfiteatro, campo de aeromodelismo, parque de diversões, lagos artificiais, quadras de esporte e tudo mais que um bom parque urbano pode oferecer. Tudo emoldurado pelo belíssimo paisagismo de Burle Marx.

Entrada franca
Aberto todos os dias das 5h às 0h.
Endereço: Eixo Monumental

Parque Nacional de Brasília

Abrangendo diversas regiões administrativas do Distrito Federal (as chamadas de “cidades-satélites”), além do próprio Plano Piloto, o Parque Nacional de Brasília alcança uma extensão considerável de 423 km².

_Foto: Patrícia dos Santos_

Sua criação, em 29 de novembro de 1961, está diretamente relacionada à construção da nova Capital Federal, que precisava proteger as nascentes fornecedoras de água potável à região e, por isso, manter a vegetação ao redor em estado natural, bem como colaborar para arborização da cidade.

Boas pedidas são as duas piscinas artificiais de água mineral, liberadas para banho. Formados a partir da extração de areia nas margens do Córrego Acampamento, quando da construção da cidade.

O parque também oferece boas trilhas aos visitantes: destaques para o pequeno circuito da Trilha da Capivara e, um pouco maior, a trilha do Cristal Água. Mas se liga no horário! Visitantes só entram até às 16 horas.

Entrada: R$ 7,50 (brasileiros) e R$ 15,00 (estrangeiros)
Aberto todos os dias das 8h às 17h (entrada até às 16h)
Endereço: Rodovia BR 450, Via EPIA

Skyscanner App

Parque Ecológico Dom Bosco

Era uma vez um padre italiano que acordou de um sonho no qual lhe fora anunciada a descoberta de uma terra prometida, onde “leite e mel jorrariam em grande abundância”. A epifania, revelada a São João Bosco, fundador da Congregação dos Salesianos, precisava inclusive a localização: entre os paralelos 15 e 20, às margens de um lago da América do Sul.

_Foto: André Gustavo Stumpf_

Essa história foi levada bem a sério pelo então Presidente Juscelino Kubitschek. Não à toa, este parque abriga a primeira obra em alvenaria de Brasília: uma pequena igreja. A Ermida Dom Bosco é o templo construído, ainda em 1957, em homenagem ao santo, mais tarde designado padroeiro de Brasília, junto com Nossa Senhora de Aparecida.

Por situar-se um pouco afastado do burburinho da cidade, esse parque é mais reservado e oferece uma atmosfera um pouco mais contemplativa. Às margens do Lago Paranoá, oferece uma vista panorâmica fantástica da área central do Plano Piloto, incluindo o Palácio Alvorada, residência oficial do Presidente. E aquele que der uma esticadinha à tarde ainda ganha o mais belo pôr do sol de Brasília.

Entrada franca
Aberto todos os dias das 6h às 20h
Endereço: SHIS QL 30 – Lago Sul

Parque das Garças

Localizado na pontinha de uma península do Lago Norte, a “ponta do picolé”, o Parque das Garças é um ótimo ponto de acesso ao Paranoá. Este “parque-praia” é o paraíso dos praticantes de esportes náuticos, como stand-up paddle, caiaque, remo e, sobretudo em agosto quando os ventos são mais constantes, Kitesurf e WindSurf.

Destinos nacionais com voos baratos

Com uma vista maravilhosa, a extensa faixa de areia que margeia o lago divide espaço com os ipês-amarelos, visitados diariamente pelas mais diferentes espécies de aves. Mais de 50 já foram identificadas.

Ótimo lugar para levar os cães para passear, devido a extensa área plana, ou para curtir um dia ensolarado com um bom banho de lago, a grande atração do local.

Entrada franca
Aberto todos os dias das 6h às 18h
Endereço: QI 15/16 – Lago Norte

Parque Ecológico (Olhos D’Água)

Conhecido simplesmente por “Parque Olhos d’Água”, esta unidade de conservação possui 21 hectares de vegetação típica do Cerrado, muito bem preservada, por sinal. Abriga uma biodiversidade riquíssima, incluindo peixes, aves, anfíbios, répteis, invertebrados e pequenos mamíferos. No local encontra-se, ainda, a Lagoa do Sapo, bem provida de belas nascentes.

_Foto: clurichaun_

Dispõe de boas trilhas, áreas reservadas à contemplação e é palco de importantes atividades culturais, com espetáculos teatrais e musicais e programações mais alternativas de yoga, tai chi chuan e meditação.

Localizado na Asa Norte, foi inaugurado em 1994 e atualmente recebe cerca de 2 mil visitantes diariamente. Todo cercado, o parque é ainda fiscalizado por policiais do Batalhão Florestal da Polícia Militar do DF.

Entrada franca
Aberto todos os dias das 6h às 19h
Endereço: SQN 413/414

Hotéis baratos Skyscanner

Parque Ecológico Península Sul

Também conhecido como Península dos Ministros, é outro “parque-praia” onde os brasilienses vão tomar sol à beira do lago. Lugar bom para caminhar, dar uma corrida, ou mesmo para, sob aquela boa brisa candanga, ficar admirando a vista local.

Descubra os parques nacionais do Brasil!

Vista para fitar de dentro do lago, na prancha de um Stand Up Paddle, da terra firme, num passeio pelas trilhas que margeiam a península, ou, um meio termo, de um dos piers aconchegantes que adentram as águas.

As conchinhas na margem do lago, de fato, remetem a um ambiente de praia. Mas não é permitido o consumo de alimentos. Piquenique? Esquece. Aproveite para mergulhar e relaxar, admirando a vista da modernosa Ponte JK, com seus arcos assimétricos, inspirados “pelo movimento de uma pedra quicando sobre o espelho d’água”

Entrada franca
Aberto todos os dias das 6h às 22h
Endereço: SHIS QL 12 – Lago Sul

Skyscanner App

Texto de Daniel Marinho, da Editora O Viajante, jornalista e cronista de viagens, especializado nas editorias de aviação e turismo.

Colaboração de Ilana Paiva, profissional responsável pelas redes sociais do Skyscanner Brasil.

Busque agora mesmo as passagens aéreas mais baratas para qualquer destino!

Mapa

Leia também:

25 destinos baratos no Brasil

Chapada dos Veadeiros: melhor época para ir e o que fazer na região

Fotos: 9 parques nacionais para visitar ao redor do mundo

Inscreva-se na newsletter Skyscanner

Mapa