Noticias Inspiração 72h em São Paulo: o que fazer em um final de semana na capital paulista

Todos os artigos

72h em São Paulo: o que fazer em um final de semana na capital paulista

Tem pouco tempo para visitar os pontos turísticos de São Paulo? Confira as dicas de hoje e concentre seu roteiro nos ícones da metrópole, visitando a Avenida Paulista, a Praça da Sé e outros lugares imperdíveis!

Mapa

São Paulo é uma cidade única na América Latina. É a capital dos negócios, da cultura, do entretenimento, da gastronomia e tem muita história para contar, além de servir como lar para mais de 70 diferentes nacionalidades e descendências. Com toda essa diversidade, conhecer esta metrópole é tarefa para muitos dias.

Como a pressa, porém, faz parte da vida dos viajantes que têm poucos dias para desbravar a capital paulista, fizemos uma seleção com dicas sobre o que fazer durante um final de semana em São Paulo. Confira nossa sugestão de roteiro!

Dia 1: Passeio pela Av. Paulista, visita ao MASP, Casa das Rosas e Bixiga

Se há um lugar onde o coração da cidade bate, é na Avenida Paulista. Centro financeiro e de negócios, também abriga museus, shoppings, bares e muita história. Uma boa dica é buscar um hotel em São Paulo que fique nas proximidades, porque além de melhor a região, sua localização permite circular por toda a cidade com bastante facilidade.

Faça a sua primeira parada no MASP, o Museu de Arte de São Paulo. Se estiver de metrô, desça na estação Trianon-MASP e você estará a poucos passos do museu.

Localizado no coração da avenida, chama atenção já pelo seu estilo arquitetônico. Seus alicerces em concreto formam o maior vão livre da América Latina, onde é realizada uma feira de antiguidades imperdível – sempre aos domingos.

O MASP está na lista das dez atrações turísticas mais visitadas de São Paulo e, às terças-feiras, a entrada é gratuita. Com cerca de oito mil peças, possui obras de grandes nomes da pintura nacional e internacional. No prédio, ainda tem cafeteria, loja com livros, obras de arte e lembrancinhas do MASP. O restaurante pode ser uma ótima pedida para almoçar após admirar as exposições do lugar.

Depois do almoço, continue o passeio pela Paulista e faça uma visita à Casa das Rosas para entrar no túnel do tempo. A casa, construída em 1935, abrigou a família proprietária até 1986. Ganhou esse nome porque já teve o maior e mais bonito jardim de rosas da cidade.

Hoje é um espaço cultural e tem a primeira biblioteca do país especializada em poesia. O espaço ainda oferece eventos culturais e exposições periódicas relacionadas à literatura.

Em seguida, seguindo em direção ao centro antigo da cidade, desça para o Bixiga, um dos mais tradicionais bairros de São Paulo. Formado por imigrantes italianos, tem a maior concentração de cantinas e pizzarias por metro quadrado.

Nos finais de semana, a Praça Dom Orione se transforma em feira de antiguidade. Ao lado da praça, fica a escadaria do Bixiga, que une a parte baixa do bairro à alta, na Rua dos Ingleses.

App de viagens
Baixe nosso app de viagens gratuito!

Ali, as opções de passeio são muitas. Uma das alternativas é o Museu dos Óculos, que tem um acervo de modelos raros e antigos e itens que pertenceram a diversas celebridades. Outra possibilidade é visitar o Museu Memória do Bixiga, onde você vai conferir curiosidades da vida típica dos ítalos-paulistanos.

Já que você passou o dia explorando as possibilidades turísticas do bairro, encerre o roteiro visitando a Pizzaria Speranza, que se destaca entre os clássicos da região, e feche a noite em um dos melhores lugares para comer em São Paulo.

Dia 2 – Passeio pelo Parque Ibirapuera e bares da Vila Madalena

Tome seu café no hotel e prepare-se para passar o dia no Parque do Ibirapuera, um dos mais prazerosos passeios que São Paulo pode oferecer.

Com mais de 1,5 km² de extensão, tem lagos, ciclovia, quadras, pistas destinadas a corridas, passeios e descanso, tudo isso integrado a uma ampla área cultural. Aproveite para conhecer os museus, a bienal e outros espaços culturais.

Pare para almoçar no bonito restaurante do MAM – Museu de Arte Moderna, com vista para o Jardim de Esculturas, projetado pelo paisagista Burle Marx. Outra opção são os lanches da lanchonete/restaurante sob a marquise ou os inúmeros comerciantes autônomos que servem lanches em pequenas barracas. Se o dia estiver bonito, faça um piquenique!

Volte ao hotel para um bom banho e prepare-se para o happy hour em um dos bares da Vila Madalena. Conhecido por ser um reduto boêmio, a Vila tem um bar encostado ao outro, para todos os gostos e bolsos. Ateliês, centros de exposições artísticas, lojas de vanguarda, escolas de música e de teatro fazem a cara do lugar.

Dia 3 – Rua Oscar Freire, Centro Antigo, Praça do Pôr do Sol e Terraço Itália

Comece o dia com uma caminhada pela Rua Oscar Freire. A rua é o maior ícone do comércio de luxo da capital paulista com lojas de grifes nacionais e internacionais. As calçadas têm parklets – espaços muito agradáveis, com bancos, bicicletários, bebedouros, wi-fi e carregadores de celular.

Bares, restaurantes, sorveterias e docerias são um convite para sentar e conversar enquanto se experimenta a variedade dos sabores e produtos encontrada na região.

Depois de almoçar, visite o centro antigo de São Paulo. Faça uma caminhada pelo Pátio do Colégio, pela Catedral da Sé e pelo Viaduto do Chá, onde ficam os arranha-céus mais antigos da cidade. Se der tempo, visite também a Estação da Luz, construída pelos ingleses, no século 19, o Centro Cultural Júlio Prestes, que abriga a Sala São Paulo, e o Mercado Municipal de São Paulo, carinhosamente chamado de Mercadão, também conhecido por seus deliciosos pães com mortadela e pastéis de bacalhau.

No final do dia, corra para a Praça do Pôr do Sol para ver o sol se pondo entre os arranha-céus da capital paulista. A praça leva esse nome por sua posição privilegiada, no alto do bairro de Pinheiros. Nos fins de semana, famílias inteiras e jovens de todas as idades se estendem pelo parque em toalhas de piquenique para apreciar a vista do lugar.

Para encerrar a noite, reserve um jantar no Terraço Itália, de onde se pode ver São Paulo em 360º a 41 andares do chão. As cadeiras e as mesas parecem flutuar sobre a cidade que se mostra pelas paredes de vidro.

Busque suas passagens aéreas para São Paulo!

Com o Skyscanner, você encontra tarifas promocionais de passagens para São Paulo saindo do Rio de Janeiro e de outros aeroportos do país. Faça a sua busca agora mesmo!

Mapa

Para mais dicas sobre São Paulo, é só clicar nos títulos abaixo!

Conheça o Bike Tour de São Paulo

10 coisas para fazer de graça em São Paulo

Roteiro de compras em São Paulo

App de viagens
Baixe nosso app de viagens gratuito!
Confira as avaliações de viajantes como você e veja porque o Skyscanner é o melhor aplicativo para encontrar passagens aéreas em promoção, hotéis baratos e aluguel de carros.

Avaliado por Adijalba Costa on 06 de Fevereiro, 2019

Excelente para ver preços e receber alertas.

Avaliado por Tiago Almeida on 03 de Fevereiro, 2019

Excelente app para pesquisa de tudo relacionado com viagens.

Avaliado por Vitoria Xavier Blanes on 02 de Fevereiro, 2019

Fácil de usar e muito eficiente! Já economizei muito com os alertas de preços.

Avaliado por Mateus Custódio on 31 de Janeiro, 2019

Melhor aplicativo para sua procura e comparação em viagens baratas!

Avaliado por Alisson Silva on 16 de Janeiro, 2019

Melhor app pra pesquisar voos baratos.