Noticias Dicas FAQ: Quais vacinas devo tomar antes de viajar?

Todos os artigos

FAQ: Quais vacinas devo tomar antes de viajar?

Preparamos um dossiê de vacinação para que ninguém fique desavisado ou desprotegido: saiba quais vacinas são obrigatórias e recomendadas antes de viajar!

Existe algo pior, numa viagem, do que ser mandado de volta para casa ao chegar num país sem nem mesmo ter saído do aeroporto? Saiba que isso pode acontecer com visitantes desavisados em países ou cidades que exigem algum tipo de vacinação prévia. Por isso, se ligar no que diz respeito a vacinas para viajar pode salvar a sua viagem.

Geralmente, a companhia aérea nem deixaria o passageiro embarcar sem ter mostrado a carteirinha de vacinação, mas todo cuidado é pouco. Confira nosso dossiê de vacinação para o viajante e não deixe um vacilo como esse estragar a sua viagem!

1. Por que alguns países exigem vacinação?

Diferentemente do que muitos pensam, a maioria dos países que exige vacinação o fazem para precaver que visitantes tragam doenças, e não pelo território apresentar riscos de contaminação. E o Brasil, sob o olhar estrangeiro, não é a mais salubre das nações.

2. Quais vacinas são obrigatórias?

A única vacina que, em escala mundial, é obrigatória é a da Febre Amarela, uma doença infecciosa grave e transmitida pelo mosquito Aedes aegypti (o mesmo da dengue). É mais comum em países da América do Sul e Central, assim como em algumas regiões da África.

Por não haver cura, a prevenção da Febre Amarela é de extrema importância quando em áreas de risco: além da vacinação, deve-se usar repelentes e telas e não acumular água parada.

3. Quais são as vacinas recomendadas para quem vai viajar?

Certas vacinas são recomendadas quando se visita alguns países ou regiões, principalmente zonas rurais, florestas e todos os lugares de grande contato com a natureza. Dessa forma, a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) recomenda que o viajante tenha sempre em dia as vacinas para:

  • Febre amarela
  • Tétano
  • Difteria
  • Hepatites A e B
  • Tríplice Viral (que protege contra Sarampo, Caxumba e da Rubéola)
  • Antirrábica (protege contra a raiva eventualmente transmitida em mordida de cachorros, ratos e morcegos. Pode ser útil)

4. Quais países e locais exigem ou recomendam vacinação?

Centenas de países exigem vacinação e ocasionais surtos alteram as regras constantemente, mas você pode consultar direto nas seguintes páginas:

  1. Anvisa – países que exigem vacinação: página do sistema de emissão da Carteira Internacional de Vacinação, onde é possível pesquisar as exigências de cada país. Basta clicar na aba “Exigências de Viagem” e selecionar o país para o qual você pretende viajar.
  2. OMS – países que exigem vacinação contra a febre amarela: lista disponibilizada anualmente pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Já, internamente, no Brasil, recomenda-se a vacina da febre amarela para áreas de matas e rios na região Norte e Nordeste devido ao clima.

Mais recentemente, em razão de surtos localizados em zonas rurais dos estados do Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais e São Paulo, a vacina tem sido recomendada para o interior da região Sudeste.

5. Como faço para me vacinar?

As vacinas, de modo geral, podem ser aplicadas em postos de vacinação ou em clínicas particulares. A vacina contra a Febre Amarela, gratuita, é tomada numa dose única e dura a vida toda.

6. Quanto tempo antes da viagem eu devo tomar a vacina?

As regras mudam para cada país, mas a recomendação da Anvisa é que qualquer vacinação seja realizada preferencialmente de seis a oito semanas antes da viagem e, no máximo, 4 semanas antes.

Atente também para o período de imunização! No caso da febre amarela, o período de imunização é de 10 dias após a vacinação, ou seja, você deve tomar a vacina, no mínimo, 10 dias antes da sua viagem.

E se a sua viagem for para o exterior, não esqueça de fazer o Certificado Internacional de Vacinação da Anvisa. O comprovante simples de vacinação ou a Carteira Nacional de Vacinação não são válidos fora do território nacional.

Respeite esse prazo de imunização e a certificação internacional: as cias aéreas podem negar o embarque ou desembarque de passageiros que não cumpram os requisitos da vacinação.

7. Como fazer o Certificado Internacional de Vacinação?

Desde janeiro de 2019, temos duas formas de solicitar Certificado Internacional de Vacinação: presencialmente ou online. Confira!

Solicitação presencial do Certificado Internacional de Vacinação

  1. Vacine-se e guarde o certificado de vacinação.
  2. Busque o Centro de Orientação ao Viajante da Anvisa mais próximo a você. Para agilizar o seu atendimento, entre no site da Anvisa e realize um pré-cadastro.
  3. Agora basta levar seu comprovante de vacinação e seu documento de identidade no Centro de Orientação ao Viajante da Anvisa escolhido e emitir o seu certificado.

Em alguns postos, é possível fazer a vacinação e o certificado no mesmo lugar. Basta conferir na lista de Centros de Orientação ao Viajante da Anvisa: os centros de gestão privada (identificados como PRIVADO ou SMS) emitem o certificado para viajantes vacinados no próprio local; os Centros da ANVISA apenas emitem o certificado, mas não realizam a vacinação.

Solicitação online do Certificado Internacional de Vacinação

  1. Vacine-se e guarde o certificado de vacinação.
  2. Cadastre-se no Portal de Serviços, usando seu número de CPF e email.
  3. Preencha um formulário do site e encaminhe uma foto ou um arquivo digitalizado do RG e do comprovante nacional de vacinação (o comprovante que você recebeu após a vacinação).
  4. Seu processo será analisado pela Anvisa, e, se aprovado, você recebe um email, em até cinco dias úteis, com o certificado internacional.
  5. Pronto! Imprima o cartão e assine no local indicado.

8. É necessário refazer o certificado internacional no qual ainda consta data de vencimento?

Desde 11 de julho de 2016 a vacina contra a febre amarela é válida para a vida toda, até mesmo para quem se vacinou antes desta data. Segundo as normas da OMS, se você tem o Certificado Internacional de Vacinação antigo (aquele amarelo), não é necessário atualizá-lo.

Leia também: Portal Anvisa – Certificado Internacional de Vacinação em 23 perguntas.

Ainda tem dúvidas? Veja o nosso infográfico sobre o novo certificado online!

Já fez a vacina? Busque agora mesmo as passagens aéreas mais baratas para qualquer destino internacional!

Mapa